A maternidade real, com a plenitude e as incertezas , é uma das grandes verdades que precisamos aceitar de uma vez; afinal, os erros das mães na criação dos seus filhos não as tornam piores ou melhores. Mesmo porque, o ponto mais sensível desta história é justamente esse: por que as mulheres são obrigadas a serem perfeitas o tempo todo, em todos os papéis que desempenham, inclusive o de mãe?

A maior crítica sempre vem de nós. Julgamos a mãe da amiguinha da escola , do prédio e até as nossas ações .

Relaxa . Com certeza você vai errar em alguma coisa . Vamos lá.

1.Não saber a razão do choro

Quando o bebê chora , uma mãe chora também, afinal eles não poderiam ter uma manual de instruções ou um modo legenda ( para cada choro , um significado?)😃

Depois na adolescência vem o choro sem razão aparente ( brigou com alguém? Bullying?) e nada de conversa … eita fase difícil né?

Aproveite a experiência para entender que, quando nasce uma mãe, nem sempre se desenvolve uma percepção imediata do que acontece com o filho.

2.Ele vai ficar doente . Você não tem culpa . Não dá para mandar no tempo e evitar a friagem naquele dia de piscina.

Você vai falhar em proteger o seu filho de todas as doenças .

3. Você não consegue dar a alimentação saudável o tempo todo Falta tempo , falta de dotes culinários ou de excesso de cansaço . Quem nunca abriu mão de um salgadinho ou doce ? Atire a primeira pedra …

O que vale é a ” maioria”. Se na maioria das vezes ele ingere frutas e verduras variadas , tá ótimo!😜

Pare com a cobrança excessiva de alimentação! Isso é doença e tem nome : ortorexia.

4.Você não vai evitar machucados ( até aqueles do coração) Por mais que você o ame , ele irá cair , bater e cortar. Digo que para cair , basta aprender a ficar em pé.

Esteja pronta para tratar as feridas , principalmente aquelas do coraçãozinho…

5. Você vai ceder aos pedidos “Mais cinco minutinhos , por favor”

“Só desta vez”

Frases que quebram qualquer mãe , até a mãe tigre! Desde que não seja rotina , que mal tem? Deixar de afirmar a sua posição não diminui a sua autoridade.

6. Nem sempre seu tempo será divido entre o trabalho e os filhos de forma ideal A divisão de tarefas entre quem cria a criança faz parte de uma rotina saudável. Quase sempre, porém, a mulher é comprometida com cuidar da casa, trabalhar fora e educar os filhos – e um destes lados pode “falhar”, na nossa concepção.

Coloque o companheiro na jogada , distribua tarefas e peça ajuda .

7. Como explicar as questões do mundo de hoje? Ele viverá experiências individuais, em contextos diferentes e com pessoas diferentes. Esteja pronta para conversar sobre isso: descubram juntos, como cada emoção, fato, opinião refletem nele.

Você não é infalível .

Fica a dica.

Anúncios

Escrito por Dra Fernanda Naka

Pediatra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s