Cheguei nos 4.0 . O que muda na maternidade? No meu corpo já sinto grandes diferenças : meu pique diminuiu , sou menos ágil e apesar de comer pouco , a balança só sobe !

Diferente dos posts sobre saúde infantil que você acompanha ( ou não !) aqui todos os dias , esse vai como uma espécie de desabafo compartilhado .

Fui mãe aos 30 e agora aos 40 faço uma retrospectiva do que mudou na minha visão como mãe : sou mais medrosa ( temo a aborrescência , sexo , drogas ) , mais paciente , aproveito mais o tempo com eles e me divirto com as idéias que saem dessas cabecinhas . E penso muito se eu fosse uma mãe mais madura , se eu tivesse meu primeiro filho hoje .

Com certeza seria diferente , porque afinal você tem mais grana e é claro que isso faz uma baita diferença , já que a maioria das mulheres já tem uma certa estabilidade profissional nessa fase . Seria mais paciente e brigaria menos com as pequenas coisas do dia a dia , mas também não teria tanta disposição para correr atrás da bicicleta , passear de carrinho na rua e brincar ajoelhada no chão .

Me preocupo com o mundo lá fora , em como tornar meus filhos responsáveis e bons cidadãos . Que tenham uma carreira , sucesso profissional e também sejam felizes e constituam família . Ufa ! Seriam muitos desejos ?

O mundo anda complicado ou sempre foi? Não são meninos ou meninas , mas crianças livres dos “paradigmas da sociedade” e com amor livre : pode amar e namorar qualquer pessoa , homem ou mulher ( ou sem gênero) ou até não namorar! Pode ter filho com homem , mulher ou os dois e até produção independente , de doador conhecido ou não. Minha nossa!

Confesso que ainda não estou preparada para tudo isso , mas com certeza meus filhos estarão. Eita mundo complicado ! Essa história de gênero , famílias compostas de tantas formas , tantas tradições que estão deixando de existir …

… mas o amor , o amor sempre será a resposta para tudo , não é mesmo ? A família é a base de tudo na minha opinião e com certeza isso não mudou nestes 10 anos . Amo cada minutinho que passo com meu marido e filhos e tenho cada vez mais certeza de que fiz o certo ao reduzir a minha carga de trabalho para passar mais tempo com eles .

Larguei há muito tempo meu “saco de culpa ” que carregava e hoje colho os frutos da minha decisão . Sou feliz e minha família também . Não preciso voltar no tempo e consertar ou fazer alguma coisa que deixei para trás , pois fiz tudo que queria .

A mãezona aqui chegou aos 40 em modo slow . E agora que a vista falha ( às vezes 😬) e corpo às vezes me trai , fico muito feliz em ter a sua companhia .

Foram cerca de 40.000 visitantes nestes 7 meses de Blog . Um canal de informação criado com muito carinho e com tanta troca de informações ! São mães que concordam ou discordam dos meus textos , mas que participam e deixam seus recadinhos . Amo! Essa família só aumenta e vamos rumo ao nosso primeiro aniversário 😘👏🏻.

Um brinde a todas as mães quarentonas!🥂

Anúncios

Escrito por Dra Fernanda Naka

Pediatra

2 comentários

  1. Bem vinda aos quarenta… Tia Fer, uma coisa que sei é que pessoas como vc não envelhecem com a mesma rapidez que a humanidade normal… Essa mente brilhante e aberta a mudanças somada a convivencia constante com as crianças faz com que vc rejuvenesca cada vez mais. Amo seu blog. Sinto falta das nossas tardes. Bjs nos responsáveis pela sua desacelerada.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s