Ele é o primeiro médico que você conhece . Está lá desde as suas primeira horas de vida . Examinou cada pedacinho antes de levar a sua mãe , só para ver o capricho de Deus em cada anjinho que vem ao mundo.

Sempre tive sonho de ser uma grande cirurgiã , salvando vidas , operando corações , mas foi para as crianças que o meu coração bateu mais forte.

Pediatria é assim : ou você ama ou você realmente odeia.

Nossos pacientes são mais especiais , não há como negar . Precisamos usar mais os olhos do que a boca , pois a nossa observação , desde que a mãe entra com ele na sala de consulta , até o choro inevitável na maca de exame , é insubstituível. Meu paciente não fala , não aponta , ele chora . E a mãe também .

Quando uma criança vêm até nós, geralmente ela tem medo . Medo de injeção , do desconhecido , e da dor . Às vezes o pequeno está doente e aí , fica chato e choroso mesmo . Abre o bocão no exame , grita , esperneia , a gente chama o pai , a mãe , avó , todo mundo para segurar o moleque por favor!

Mas fazemos isso por amor , para tirar a dor , nunca para ” judiar”. Às vezes parecemos ríspidos ou grosseiros , sem coração , mas é a cabeça pensando , raciocinando , observando e a preocupação em fazer tudo o que deve .

O paciente traz toda uma família para o nosso consultório . Atendemos mãe , pai , irmão e até sobrinho. Viramos amigos , vamos a festas , comemoramos aniversário. Eita vida maravilhosa ! Compartilhar momentos assim , só com o pediatra!

Mas por outro lado , deixamos os nossos filhos , nossa família . Deixamos aniversários , festas e a vida social em prol dos outros . Meu filho sempre perguntava ao sair : “mamãe , tem mais um neném doente para você ver ?” e isso dói. Dói você deixar seu filho em casa . Sua vida , sua família e ter que suspender aquelas férias por um paciente internado.

Não conheço nenhum colega que tenha escolhido a profissão por dinheiro , até mesmo porque , somos uma das especialidades que mais sofre com a baixa remuneração. Por isso estamos em “extinção ” : pediatra de consultório será raridade , será exceção em um futuro próximo.

Todos fazemos pediatra por amor . Acredite. E trabalhamos até o fim . Até o último dia .

Anúncios

Escrito por Dra Fernanda Naka

Pediatra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s