A carne de porco é vista, muitas vezes, como uma carne gordurosa e que pode transmitir doenças. Mas isso mudou muito .

Acredite, a carne de porco é muito saudável! A dieta dos rebanhos se tornou mais balanceada , sem as famosas lavagens . Os porcos comem ração de milho e farelo de soja, com vitaminas e minerais. Graças a esta mudança , a carne suína ganhou teores mais brandos de gordura e uma porção de micronutrientes vantajosos ao corpo humano.

Muito além do sabor e da textura marcantes, a carne de porco possui vitaminas, potássio, zinco e ferro. As vitaminas do complexo B melhoram as atividades cerebrais, enquanto o potássio regula a pressão e o zinco fortalece as defesas imunológicas.

Atualmente, o nível de colesterol contido na carne de um suíno é semelhante às outras carnes (bovinos e aves) e está perfeitamente adequado às exigências do consumidor. É importante saber que a quantidade de colesterol não está diretamente relacionada à quantidade de gordura.

Um exemplo claro disso é o camarão, que apesar de ter menos gordura do que o suíno, apresenta taxas maiores de colesterol – de 97 a 164 mg/100g, enquanto a carne suína tem entre 56 e 97 mg/100g de colesterol.Outro exemplo: O nível de gordura em 100g lombo cozido é de aproximadamente 6,7g, enquanto em 100g de filé mignon cozido chega a 10g

E a doença do verme do porco?

A neurocisticercose é uma doença muito comum que ataca o cérebro e causa infecção no sistema nervoso central. Conhecido popularmente como “bicho do porco”, é uma infecção causada pela forma cística da Tênia do porco, a Taenia solium, que ataca o sistema nervoso central (SNC). A doença, no entanto, é erroneamente associada exclusivamente ao consumo de carne suína mal preparada. Na verdade, este tipo de carne ou qualquer alimento contaminado e mal preparado pode ser um transmissor dos vermes causadores da doença.

A contaminação do porco ocorre quando ele come fezes de um ser humano infectado.Com a melhoria nas condições de higiene do animal , sendo mantido em local fechado e alimentado com ração , o risco da transmissão da doença é muito reduzido.

Mesmo assim, a recomendação é sempre consumir a carne bem cozida (preparada acima dos 71ºC) e, de preferência, comprar cortes certificados e de origem controlada .

Qual parte da carne de porco e mais saudável?

Nem todos os cortes suínos fazem bem a saúde. Dê preferência ao lombo , que é a parte mais magra do animal Esse corte pode ser consumido até duas vezes por semana.

Já os embutidos, como salames e salsichas, e também o toucinho devem ser evitados.As carnes embutidas estão associadas a maior incidência de câncer de intestino e provocam mais alergia , devido ao uso de corantes e conservantes . São mais calóricas e possuem um alto teor de gorduras , podendo elevar o colesterol e a obesidade.

Fica a dica !

Anúncios

Escrito por Dra Fernanda Naka

Pediatra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s