Vou abordar uma questões mais amplas hoje , que são dúvidas comuns que se referem ao dia a dia dos seus filhos . Qual melhor esporte , horário para escola , quanto comer e dormir . São pequenas dúvidas que nos afetam na rotina das crianças e às vezes não temos tempo ou esquecemos de perguntar ao pediatra.

Atividade física : quando e quanto

Temos tantas opções de atividade para as crianças hoje em dia! Natação , equitação , tênis , ginástica artística, música … aff haja pique para os pequenos .Mas quando isso vira excesso?

A Sociedade Brasileira de Pediatria recomenda 3 horas de atividade física por dia para as crianças se manterem saudáveis .Mas não adianta inscrever seu filho em 2 ou 3 esportes na semana para cumprir a meta ! Na verdade , esse número de horas se refere a qualquer atividade , incluindo as brincadeiras , aquelas no playground ou na escola , como pega a pega , esconde esconde .

Qual esporte ?

O primeiro esporte que a criança deve aprender é a natação . Todas devem saber nadar . E podem iniciar desde pequeninas , a partir do segundo ano de idade. Apesar de existirem aulas para crianças menores , a partir dos 2 anos é que elas possuem coordenação para efetivamente aprenderem a nadar . Antes disso , as atividades são meramente recreativas .

Pode fazer mais de um?

Cuidado para não sobrecarregar a agenda . O ideal seria a prática de apenas uma atividade esportiva por semana , no máximo duas . Lembre-se que a criança também terá outra atividade , como aulas de inglês , música ou de matemática por exemplo. Assim sobra tempo para brincar.

Tem muita criança com a agenda cheia de atividades e pouco tempo de lazer . Não devemos esquecer que ainda são crianças e não mini adultos em busca de uma carreira.

Os melhores esportes são os aeróbicos , como tênis , natação , ginástica , vôlei e outros . Melhoram a coordenação motora , possuem gasto calórico elevado , melhoram a socialização e reduzem a ansiedade .

Estudar no período da manhã ou da tarde?

Sem dúvida não irei estabelecer regras quanto a isso , pois afinal a criança estuda no período determinado pelos pais e irá depender de cada família . O problema é quando a criança estuda a tarde e durante o período da manhã não faz nenhuma atividade recreativa ou dorme a maior parte da manhã .

Para estas crianças , os pais devem estipular horários , como de acordar cedo , independente de como foi a noite anterior. Desta forma , ela terá um bom período para fazer alguma atividade e de brincar. Não vale ficar na frente da televisão ou tablet a manhã inteira . Incentive a prática de esportes e não deixe a tarefa ou os trabalhos da escola para o período da noite.

A grande maioria das crianças que estuda a tarde terá problemas de peso : ora porque acordam tarde e não se alimentam adequadamente ora por comerem demais no período da noite .

Se a criança acorda tarde , ela irá perder as refeições mais importantes do dia : o café da manhã , lanche e o almoço . Vejo muitas crianças acordando às 10 hs e tomando mamadeira ou comendo alguma refeição leve . Não haverá tempo para o esvaziamento gástrico até a hora do almoço e sem dúvida o apetite será reduzido .Reflita.

Quanto meu filho precisa comer ?

Muitas vezes os pais acham que o filho está comendo pouco, o que nem sempre é algo real. Os pais comparam a quantidade de alimento da criança com a que está em seu prato, mas esquecem de que o adulto come uma quantidade maior.

Estabelecendo uma média , a cada refeição uma criança entre 2 a 5 anos deve comer 2 colheres ( sopa) de arroz , 2 colheres ( sopa) de legumes , 1 colher ( sopa) de feijão e um bife do tamanho da palma da mão da criança.Veja que a quantidade será certamente menor do que você pensava .

Uma criança com bom ganho de peso e altura , sem infecções de repetição tem uma boa alimentação , apesar da preocupação dos pais . Essa é a orientação de todo pediatra.

Quanto meu filho precisa dormir?

É muito individual e com certeza varia para cada fase do desenvolvimento. Abaixo temos uma tabela com as médias para cada idade :

Precisa fazer exame de sangue ?

Grande parte dos pediatras acredita mais no acompanhamento regular do paciente em consultório, deixando a solicitação de um exame laboratorial apenas para situações específicas. Afinal , é desnecessário submeter o seu filho a uma picada de agulha só ” para ver se está tudo bem”.

Os exames de sangue e de fezes não são uma rotina necessária. Em medicina, sabemos que a clínica é soberana, portanto, se você faz o acompanhamento regular do paciente, e ele se apresenta clinicamente bem, não há necessidade de pedir exames , exceto nos casos de doenças hereditárias ou genéticas .

Feito o exame e com resultado dentro da normalidade , ele poderá ser realizado novamente após 1 ano. Antes disso , somente em caso de alguma doença ou investigação.

Fica a orientação.

Anúncios

Escrito por Dra Fernanda Naka

Pediatra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s