Às vezes quando não o médico não tem a mínima ideia do diagnóstico da doença , surge uma luz no final do túnel : virose!

Brincadeira . A virose é na verdade uma doença provocada por vírus . Qual tipo? Na verdade há uma série deles , que provocam desde sintomas gripais a intestinais e eritemas ( vermelhidão na pele). Desde o zika vírus até o desconhecido cocksakie irão fazer uma mãe pirar de desespero por um diagnóstico não concluído.

Isto ocorre porque na maioria dos casos o diagnóstico é de exclusão , ou seja , retirada a chance de ser alguma doença a se tratada com antibiótico, o curso da doença não está mais nas mãos do médico e passamos a ser mero expectadores . A medicação não trata a doença , a virose , mas apenas faz a melhora dos sintomas sintomáticos , como a dor , febre ou vômitos.

Diagnóstico

Os sintomas nas viroses sempre são vagos e geralmente na presença de febre . A observação da evolução clínica do quadro clínico por 3 a 5 dias é fundamental. Neste período surgem sintomas como tosse ( nas gripes e resfriados ) , vermelhidão na pele ( dengue , exantema súbito) , vômitos e diarreia ( rotavírus). Sabemos que esta espera deixa qualquer pai e mãe de cabelo em pé , mas o fato de realizar um hemograma na maioria dos casos não auxilia .

Em alguns casos , os exames são solicitados , as chamadas sorologias . Entretanto , o resultado demanda muito tempo , em média 15 dias. Por isso o exame clínico irá determinar o diagnóstico mais precoce .

Cada época do ano temos um tipo de vírus circulante , o que também ajuda no diagnóstico.No verão , o rotavírus com vômitos e diarréias e no frio os da gripe , como o H1N1.

5 dicas para prevenir viroses

Em um vídeo que circula pela internet , uma médica dá 3 dicas para evitar o contágio do vírus da gripe : lavar as mãos , fazer bochecho e limpeza das narinas com água e sal. Com certeza o sal não mata nenhuma bactéria e muito menos na forma de bochecho ou aplicação nasal .

A lavagem de mãos sempre previne doenças. Não há necessidade de sabonete antibacteriano. Uma boa limpeza com sabonete comum ou até de côco são suficientes.

• vacinação : manter as vacinas em dia é uma das únicas formas de prevenção de algumas doenças que podem levar a complicações graves , como a hepatite B.

alimentação : uma boa fonte de vitaminas e proteínas torna qualquer pessoa resistente a viroses como resfriados , gripes e diarréias.

repouso : o corpo precisa de uma boa noite de sono para se recuperar e alguns hormônios são metabolizado somente à noite.

atividade física regular: existem vários estudos que comprovam a relação positiva entre exercício e fortalecimento do sistema imunológico: promovem um aumento das linfócitos, células denominadas “natural killers”. A célula natural killer, linfócito atuante no sistema inato, tem como função destruir células tumorais ou infectadas por vírus.

• evitar aglomeração : ambientes fechados com pouca circulação do ar , como o Pronto Atendimento em um hospital , possuem alta concentração de vírus circulantes e aumentam muito a chance de uma contaminação . Evite .

Anúncios

Escrito por Dra Fernanda Naka

Pediatra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s