O conceito de superdotado, até há pouco tempo, servia de legenda para a imagem caricatural do garoto franzino, craque não no futebol e sim em complicadas questões de Química, Matemática ou Física, entre outros saberes que costumam driblar a meninada dita normal. Hoje se sabe que nem todo superdotado tem o perfil de primeiro da classe. Além das pessoas com inteligência acima da média, superdotados também são aqueles com capacidade excepcional para realizar tarefas, muitas vezes à distância de salas de aula e laboratórios. É certo que em algumas pessoas existe algo diferente que as faz geniais.

Ter altas habilidades não se trata de ter um filho como Einstein. É algo muito mais comum do que as pessoas imaginam. As estimativas mais conservadoras giram entre 2% a 5%. Isso quer dizer que praticamente toda sala de aula tem alguém com esse perfil.

Mas atenção : a criança que aprende a ler , andar ou falar mais rápido não necessariamente será superdotada . A diferença é que, com o tempo, a habilidade precoce se iguala à média, enquanto uma alta habilidade mantém a assimetria. Ela pode até ficar adormecida, mas pronta para voltar à tona.

Você sabia que nascem três superdotados em cada cem pessoas, independentemente de raça, sexo ou classe social ?

Isso significa que, dos cerca de 4 milhões de brasileiros que devem nascer este ano, 120 mil merecem estar nessa categoria .Em geral, eles desenvolvem espontaneamente o seu talento – daí fenômenos como os de crianças que até aprendem a ler sozinhas ou que desmontam e montam o rádio do pai sem causar danos.

Essas crianças geralmente amadurecem mais cedo e podem ter problemas de comportamento na escola . Resolvem as questões de forma rápida e acabam por gastar o tempo com outras atividades , o que pode gerar diagnósticos incorretos de hiperatividade e déficit de atenção .

Não há associação entre alta habilidade e presença de miopia , robustez ou ser canhoto.

Na década de 80 foi criado um instituto americano com o objetivo de ” aperfeiçoar a raça humana” e dezenas de mulheres receberam esperma de pessoas geniais , como os cientistas premiados com o Nobel, dentre eles o físico William Shockley, que na década de 50 inventou o transístor.Mas o que se observou é que filho de gênio não será necessariamente gênio também.

Na ânsia por transformar bebês em superdotados , o psicólogo americano Glenn Doman da Filadélfia, Doman alega que com o seu método de ensino e estímulo , consegue ensinar crianças de 3 anos a ler, falar uma língua estrangeira e ainda dominar as quatro operações com números de até dois algarismos.

Esse tipo de treinamento é visto com extrema reserva pela maioria dos pedagogos , pois o excesso de informações nos primeiros anos de vida pode inibir a criatividade e gerar muito stress na criança .

Afinal , como saber se meu filho é superdotado?

O MEC divulgou uma lista de características de crianças superdotadas , vamos ver?

As crianças com Altas Habilidades não devem apresentar, necessariamente, todas as características abaixo.

(Dados extraídos de MEC 2007 – Quadro 5 – p.44)

1 – Aprende fácil e rapidamente.

2 – É original, imaginativo, criativo, não convencional.

3 – Está sempre bem informado, inclusive em áreas não comuns.

4 – Pensa de forma incomum para resolver problemas.

5  – É persistente, independente, auto-direcionado (faz coisa sem que seja mandado).

6 – Persuasivo, é capaz de influenciar os outros.

7 –  Mostra senso comum e pode não tolerar tolices.

8 –  Inquisitivo e cético, está sempre curioso sobre o como e o porquê das coisas.

9 – Adapta-se com bastante rapidez a novas situações e a novos ambientes.

10 – É esperto ao fazer coisas com materiais comuns.

11 – Tem muitas habilidades nas artes (música, dança, desenho etc.).

12 –  Entende a importância da natureza (tempo, Lua, Sol, estrelas, solo etc.).

13  – Tem vocabulário excepcional, é verbalmente fluente.

14 –  Aprende facilmente novas línguas.

15 – Trabalhador independente.

16 – Tem bom julgamento, é lógico.

17  – É flexível e aberto.

18 –  Versátil, tem múltiplos interesses, alguns deles acima da idade cronológica.

19 – Mostra sacadas e percepções incomuns.

20 – Demonstra alto nível de sensibilidade e empatia com os outros.

21 – Apresenta excelente senso de humor.

22  – Resiste à rotina e à repetição.

23  – Expressa idéias e reações, freqüentemente de forma argumentativa.

24 – É sensível à verdade e à honra.

Acima de 6 características existe uma grande probalidade da criança apresentar altas habilidades e deverá ser avaliada pelo professor e um psicólogo , que aplicará vários testes , não somente o teste de Quociente de Inteligência ( Q.I.).

Anúncios

Escrito por Dra Fernanda Naka

Pediatra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s