Seu filho começou a andar e você quer saber sobre qual o calçado ideal? Sim! Além das cores e materiais , temos algumas dicas para você comprar um calçado ideal , para evitar futuros problemas ortopédicos .

Até um ano da criança, época em que ela começa a arriscar os primeiros passos, o sapato só serve mesmo para esquentar e proteger. Nos primeiros meses, os pés têm muita cartilagem e são extremamente sensíveis, por isso, sapatos muito rígidos podem apertar ou causar desconforto ao bebê. Opte por modelos leves, mais parecidos com meias.

A partir do momento que o seu bebê começa a ficar de pé , com apoio, procure comprar um calçado com uma sola resistente e flexível para acompanhar os movimentos dos pés. Isso significa que você deve evitar tanto os modelos com borracha grossa quanto aqueles muito fino que quase não oferecem amortecimento entre o pé e o chão.

Como os pés são a base de sustentação do corpo, uma sola ruim pode causar a longo prazo sobrecarga para joelhos e coluna. Crianças que praticam alguma atividade física precisam de sola com amortecedor de impacto.

Outro ponto a se observar é a existência de ranhuras. Quanto mais, melhor, uma vez que facilitam o atrito com o chão e evitam quedas e escorregões. Só não se esqueça que o conforto é fundamental para o desenvolvimento saudável dos pés.

A maioria dos calçados tem um reforço atrás do calcanhar chamado de contraforte. O ideal é que essa seja a parte mais reforçada da peça. Como até os 5 anos a criança está em fase de intenso desenvolvimento motor, o contraforte precisa ser resistente para ajudar a estabilizar os pés, evitando que eles virem para dentro ou fora. Os modelos feitos de tecido são confortáveis, mas pecam nesse ponto. Quando for comprar um sapato para o dia a dia, observe e apalpe bastante o contraforte para se certificar de que ele ofereça firmeza à passada (e seja macio para não ferir o calcanhar).

O mercado oferece opções tão variadas que é quase impossível resistir. Uma escolha errada pode afetar a mecânica dos pés e gerar dores musculares, unha encravada, bolhas ou até mesmo encurtamento de tendões. Guarde os modelos mais estilosos para as ocasiões especiais, como passeios e festas.

Deixe os modelos de couro, plástico e verniz para as ocasiões especiais. No dia a dia, o ideal são os tipos feitos de camurça, tecido, nylon ou lona.

Uma das características mais importantes do sapato da criança é que a palmilha tenha uma curvinha para cima para ajudar na formação do arco do pé da criança. Todo bebê tem o pé chato desde o nascimento e por volta dos 3 ou 4 anos, o arco do pé vai se formando, e comprar sapatos e sandálias semi ortopédicas é uma excelente estratégia para evitar que a criança tenha o pé plano, necessitando de tratamento.

Andar descalço também é um excelente exercício, principalmente em terrenos irregulares : areia , terra e grama. Estimula a parte sensitiva e exercita a musculatura.

Dicas especiais

1. Compre um a dois números a mais : os pés crescem rápido e as vezes fica difícil acompanhar . Se o calçado for grande ou pequeno demais , irá atrapalhar a marcha .

2. Não reaproveite calçado do irmão mais velho: é comum a família reaproveitar nos mais novos os sapatos dos filhos mais velhos. A prática, no entanto, não é aconselhada. Cada pessoa tem um tipo de pisada que é só seu e, com o uso, ela imprime sua forma no sapato. Herdar uma peça que já está marcada por outra pisada pode gerar problemas.

3. Como limpar o calçado: criança transpira muito e para evitar fungos e chulé, opte por modelos mais arejados e leves. Uma boa dica é utilizar um pouco de bicarbonato de sódio dentro da peça. Jogue um punhado dentro do sapato, espere 24h e, depois, tire com um pano.

4. Use velcro: ajudam as crianças a calçarem-se sozinhas e não desamarram acidentalmente, evitando as quedas.

Fica dica.

Anúncios

Escrito por Dra Fernanda Naka

Pediatra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s