Câncer ? Infarto? Derrame ? Qual a doença que mais mata ? A ” epidemia ” que matará mais gente nos próximos anos será provocada por bactérias . Bactérias multirresistentes a antibióticos . Você sabia ?

No Brasil existe uma “cultura do antibiótico”, em que pacientes esperam receber o remédio e em que médicos banalizam sua prescrição.

No entanto, o uso excessivo desses medicamentos deve ser contido se quisermos frear a expansão de bactérias resistentes, que já matam 23 mil pessoas no Brasil por ano, afirmam especialistas.

A solução é parar com o uso de antibióticos?

Não. Esses medicamentos são muito importantes e devem ser prescritos com consciência. O antibiótico é um recurso muito importante, mas ele não é uma bala, é uma droga que deve ser usada no momento certo e pelo tempo adequado. E a pessoa deve confiar no médico, caso ele não prescreva esse tipo de medicação.

A população tem um papel importante para a redução do impacto das superbactérias. Uma atitude simples é não tomar medicação sem orientação médica, principalmente os antibióticos

Como usar corretamente um antibiótico

Preciso tomar a caixa de antibiótico até ao fim?

Sim. O antibiótico deve sempre ser tomado até ao fim ou durante o tempo que o médico indicar, mesmo quando existem sinais de melhoras passados 3 a 5 dias de tratamento. Isto porque, mesmo quando existem melhoras dos sintomas as bactérias responsáveis por causar a infecção podem não ter sido totalmente eliminadas, o que faz com que a infecção não tenha sido completamente curada. Além disso, a interrupção do tratamento também pode fazer com que as bactérias sobreviventes desenvolvam resistência aos compostos usados, o que pode fazer com que o antibiótico se torne ineficaz no futuro

Não use antibiótico por conta própria

O remédio indicado pelo balconista da farmácia , ou pela vizinha ou amiga , pode não ser o mais adequado para você , e provavelmente a dose ou o uso poderá estar incorreto . O que irá acontecer é a infecção não ser tratada e você ter que tomar outro antibiótico, mais potente e por mais tempo , além de custar muito mais . Não procure uma solução mais rápida , procure a melhor saudável e o melhor tratamento : procure o médico.

Não guarde remédio aberto

Usou e sobrou ? Descarte . A validade nesses casos não ultrapassa 15 dias depois de aberto. Muitos pais se confundem e acabam achando que a validade da medicação é aquela da caixa , mas na verdade , depois de aberto , a validade é bem reduzida.

Remédio vencido é veneno. Não use , principalmente nas crianças.

O que fazer se esqueci uma dose ?

Se você deixou de tomar uma dose , faça assim que lembrar e reinicie o intervalo entre elas . Por exemplo : se o remédio é de 8/8 hs , mas você lembrou somente 4 hs após o horário correto , tome a medicação e a próxima dose será 8 hs após .

Evite , evite , evite

Não adianta comer comida orgânica e deixar de comer carne vermelha se você pede por antibiótico na consulta . O uso excessivo pode levar a redução do sistema imunológico , ou seja você ficará mais doente quanto mais usar remédio. Além disso , há vários estudos que comprovam o uso de antibióticos pode levar a quadros de alergia .

Antibiótico estraga dente?

Mito. O uso de tetraciclina pode sim causar escurecimento , mas não é utilizado na Pediatria .Xaropes açucarados podem levar a cáries , mas não deixam os dentes fracos.

Pode diminuir a dose quando está melhor?

Errado.O antibiótico necessita manter um nível no sangue ( por isso não pule doses de medicação) pelo tempo do tratamento.Se reduzir a dose , a doença poderá não ser curada.

Passaram a dose errada! Está muito alta para a idade dele.

Errado. Na Pediatria calculamos a dose para o peso da criança e ainda ajustamos com a idade . Uma criança obesa sempre irá receber a dose maior , desde antitérmico , anti-inflamatório e até de antibiótico.

Acaba com a imunidade.

Verdade. O uso frequente reduz a presença de bactérias da flora intestinal , provocando diarréia , reduzindo a absorção de nutrientes e vitaminas . Também proporciona que as bactérias mais agressivas e resistentes aos antibióticos tenham melhores condições de se desenvolverem , reduzindo a eficácia do medicamento na próxima infecção .

Anúncios

Escrito por Dra Fernanda Naka

Pediatra

um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s