Embora seja vital para o organismo, a vitamina C, ou ácido ascórbico, nosso corpo não é capaz de produzi-la. Para repor a nossa necessidade , devemos ingerir alimentos que contenham a vitamina : como a laranja, limão , acerola e outras frutas e verduras.

Tape o nariz e beba de um gole só: fígado cru batido com beterraba. Desde criança nos acostumamos a beber “drinks misteriosos” feitos por mães e avós para saúde, força e “ficar maior que todo mundo” , até que, em algum momento, alguém ofereceu uma saída mais rápida : um comprimido por dia e nada mais de sucos esquisitos.

A recomendação de ingestão diária desse micronutriente é de 75 mg para mulheres e 90 mg para homens e essa quantidade não é difícil de se atingir por meio da alimentação.Dados da Pesquisa de Orçamentos Familiares do IBGE mostram, inclusive, que a média de consumo de vitamina C pelo brasileiro é adequada.

Mas lembra do que falamos sobre vitamina ter dose certa? Se passamos dessa quantidade exata de que o corpo precisa, dá problema.

É bom saber que a vitamina consumida além da necessidade individual pode provocar dor abdominal, diarreia, vômito, insônia e, em alguns casos, predispor à formação de cálculos renais.

Mas vitamina C não previne resfriado ?

Na década de 1960, o químico Linus Pauling, vencedor de dois Prêmios Nobel, defendeu a ideia de que vitaminas poderiam prevenir contra doenças como câncer, problemas cardíacos e até mesmo o envelhecimento. Em 1970, ele lançou o livro A Vitamina C e o Resfriado Comum, no qual apresentou a ideia de que a vitamina C evitaria resfriado.

Mas a verdade é outra: a vitamina C não previne nem resfriados, quem dirá o câncer!É isso aí! Pode chegar nos seus pais, avós e tios e dizer: tomar suplementos de vitamina C não tem efeito nenhum sobre a saúde. E mais: uma vez que a vitamina é solúvel em água, qualquer excesso será logo eliminado através do seu xixi.

Então faz mal tomar suplemento?

Claro, tomar pílulas de vitamina C todos os dias não vai te matar, mas você certamente não precisa delas. O ideal mesmo é obter a quantidade necessária na sua dieta através de alimentos.

Em geral, suplementos prometem saciar a nossa necessidade, preencher todos os nossos reservatórios de vitaminas . Mas e as vitaminas que absorvemos pela comida? Na combinação de alimentos e suplementos , se ultrapassarmos a dose certa de que o corpo precisa, vai sobrar vitamina. E o excesso, pode fazer mal.

As pessoas acreditam que vitamina, se não faz bem, também não faz mal , mas elas podem fazer mal, sim.

O uso de vitaminas em excesso pode até aumentar os índices de mortalidade!Na comparação entre gente que tomava suplementos e gente que não tomava, morria mais gente no grupo que tomava. Em média, 5% mais gente, de acordo com a Universidade de Copenhague, na Dinamarca, que analisou o resultado de 67 pesquisas sobre o assunto.

Atenção as crianças e os polivitamínicos ! Grande parte dos males são tratados de outra forma .

Por isso , na hora de buscar vitaminas, o importante não é escolher entre o prato ou suplementos, mas procurar um médico. Só ele poderá dizer se a cura para aquela fraqueza que você tem sentido é um comprimido ou se uma simples fruta resolve a questão.Mais qualidade na alimentação e menos Biotônico !

Anúncios

Escrito por Dra Fernanda Naka

Pediatra

um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s