Cerca de 40% das crianças apresenta dificuldade em adormecer sozinha , no próprio quarto . Não é uma tarefa fácil , e admito que também tive muita dificuldade, no primeiro filho , para ele adormecer sozinho na cama.

O processo exige aprendizagem e deve ser feito de modo gradual, respeitando as necessidades e características pessoais de cada um.As crianças precisam de dormir adequadamente e o tempo necessário para repor energias, assimilar os acontecimentos do dia e crescer com saúde.

A capacidade de adormecer sozinho varia de criança para criança. Algumas fazem-no desde muito cedo, outras precisam da companhia dos pais até serem maiores. Não há regras.

Mas afinal , de quantas horas de sono meu filho precisa? Abaixo está uma tabela da Associação Americana de Pediatria :

Ela passa uma média e o ideal da duração do sono em cada faixa etária . Haverá variações entre as crianças , com certeza , mas o objetivo aqui é só estabelecer um valor aproximado.

Os 3 passos para uma boa noite de sono

1. Elimine distrações

Veja o móbile do berço, por exemplo: às vezes, em vez de acalmar e distrair a criança, ele a acorda ainda mais. Cuidado com sons altos e cores muito intensas. Para crianças maiores, é bom tirar o excesso de brinquedos da cama ou do berço.

Remova televisões, computadores e outros aparelhos eletrônicos do quarto do seu filho para criar um ambiente que o induza ao sono. O estímulo associado ao ato de assistir a TV ou jogar video games e a luz do computador e da tela criam empecilhos no caminho para o sono.Permitir que a criança pegue no sono com a televisão ou com o computador ligados é um erro, pois impede que o sono seja de qualidade.

Se o seu filho está habituado a grande brincadeiras ou a ver televisão à hora e depois do jantar, não pode esperar que se acalme e esteja preparado para dormir quando você decide que está na hora de ele ir para a cama. As últimas horas antes de ir para cama devem ser calmas e sossegadas.

Ficar cansado ou excitado demais no final do dia, também torna mais difícil o sono chegar e, consequentemente adormecer. O aumento da produção de adrenalina e cortisol, desencadeada pela atividade, alimenta essa mesma atividade e cria-se um ciclo vicioso que não ajuda a criança a acalmar para adormecer.

Faça do quarto do seu filho o local ideal para o sono. A criança deve ir para a cama ainda acordada para que aprenda a adormecer sozinha. Use uma luz baixa e suave enquanto a prepara para se deitar e leia uma história. Aconchegue-a e depois deixe a luz apagada.

2. Estabeleça uma rotina de ir para cama 

Com um bebê, é mais fácil seguir a mesma rotina todo dia: um banho, alimentação, uma história ou uma música. Mesmo que você ache que a criança ainda não entenda, a rotina ajuda a acalmá-la.

Muitas vezes, os pais acabam abandonando esse hábito quando os filhos ficam maiorzinhos .Alguns dias na semana quando seu filho está bem manhoso, você se deita com ele até ele adormecer. Outros, deixa que ele pegue no sono no sofá da sala, assistindo à TV. E de vez em quando, obriga-o a dormir sozinho no quarto, reclame o quanto quiser .Isso tudo irá dificultar o adormecer .

Tomar um banho morno, colocar pijama, escovar os dentes e ler uma boa história são hábitos que ajudam a deixar os pequenos mais seguros sobre o fato de estarem indo para a cama. A rotina prepara as crianças psicologicamente e reduz a ansiedade.Isso diminui os níveis de estresse e cria uma série de etapas para que a criança consiga antecipar e saiba lidar com a hora de dormir.

A maioria das crianças adormece mais facilmente se um dos pais se deitar ao seu lado. Muitos pais fazem isto, outros resistem, porque também eles adormecem e acabam por dormir mal ou acordar a meio da noite.Este é um assunto particular, que diz respeito única e exclusivamente a cada família. Muitos pais que trabalham e estão afastados dos filhos durante o dia aproveitam este momento para trocar cumplicidades e mimar os filhos. Mas saiba que uma das desvantagens de adormecer com a criança é ela acordar quando percebe que está sozinha e se levanta da cama para que a ajude a voltar a adormecer.

E se meu filho chorar?

O seu filho está a aprender a adormecer e a dormir sozinho e isso não é fácil, exige tempo, apoio, persistência e paciência. A criança pode chorar porque tem medo, porque se assustou com algum sonho, porque não quer estar sozinha e se sente insegura, porque precisa de sentir a sua companhia ou por muitos outros motivos.

Deixar a criança chorar até adormecer pelo cansaço nunca é solução. Ficar com a criança, dar-lhe o apoio e a segurança de que necessita para voltar a adormecer facilmente é o caminho.

3.Seja persistente

Sim , eu sei que às vezes é difícil , porque ele teve um pesadelo ou estava doente , mas reflita : ” eu e meu filho estamos tendo uma boa noite de sono desta forma?” . Se a resposta for não , procure repensar o que está deixando tão difícil o seu filho adormecer.Há quem não se importe em dividir a cama com as crianças. Se todo mundo estiver feliz, não há problema nenhum. O que não vale é mudar de opinião dependendo do dia, porque aí seu filho não vai ter a segurança de saber qual é o lugar certo para ele dormir.

O maior problema em se dividir a cama é a qualidade do sono . Ninguém descansa adequadamente desta forma.O ideal sempre será cada um dormir no seu colchão.

Se o seu filho aparece na sua cama no meio da noite, acompanhe-o de volta ao seu quarto sem muita interação. Simplesmente diga: “você precisa ficar na sua cama.” É importante ser firme sobre o retorno do seu filho em sua respectiva cama toda vez que isso acontece. Se você não faz isso, ensinará que a persistência dele é o caminho certo.

A criança deve entender que não há outra opção : está na hora de dormir. Caso você permita alguma variação , irá ter trabalho dobrado na próxima vez.Você conhece bem o caso. Uma hora da manhã , a criança chora, você vai até o quarto, espera ela se acalmar e volta para a cama. Uma hora depois, a mesma coisa. Da próxima vez, lá pelas 3h, você não aguenta e a leva para sua cama, para que ela finalmente durma. Nesse caso, a mensagem que você está passando para o seu filho é: insista bastante, que você vai acabar conseguindo o que quer.

Se você não quer que seu filho vá todo dia para sua cama, deixe isso bem claro. Explique que ele tem de dormir na cama dele. No começo, talvez você precise levá-lo de volta algumas vezes (ou muitas!). Mas não desista. Ele vai acabar absorvendo a regra. Algumas crianças resistem à necessidade de ir para cama à hora determinada, mas a regra deve ser mantida, nem que prolongue por alguns minutos a história, mas com a criança já na cama. Converse com o seu filho sobre a importância de manter a rotina, de dormir à hora certa e bem, para ter energia para começar o dia cedo e cheio de energia para brincar e aprender.

Fica a dica.

Anúncios

Escrito por Dra Fernanda Naka

Pediatra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s