Você sabia que uma amigdalite ou faringite tratadas de forma errada podem levar a uma doença mais grave?

A febre reumática é uma complicação decorrente de infecções de provocadas por uma bactéria , Streptococcus beta hemolítico do grupo A . Essa bactéria é a mesma das grande maioria das amigdalites , faringites e até da escarlatina.

A doença pode atingir cérebro , coração , rins e articulações. É considerada uma doença autoimune, em que o sistema imunológico, por razões desconhecidas, passa a identificar células e tecidos saudáveis do corpo como invasores, atacando-os e causando diversos problemas à saúde.

As causas exatas da febre reumática ainda não foram totalmente esclarecidas, mas existe uma predisposição genética : cerca de 3% das pessoas com amigdalites irão desenvolver a doença . Quanto maior o número de amigdalites que uma criança tem , maior o risco de desenvolver a doença.

Sintomas

Os principais sinais e sintomas da febre reumática podem incluir:

• Febre prolongada

• Sensibilidade e dor nas articulações (na maioria das vezes nos tornozelos, joelhos, cotovelos e pulsos, e menos frequentemente nos ombros, quadris, mãos e pés)

Surgimento de pequenos nódulos indolores sob a pele

• Dor no peito

• Cansaço

• Prostração e falta de apetite

• Falta de ar

• Surgimento de manchas avermelhadas na pele (eritema marginado)

A dor articular é o primeiro sintoma e o mais frequente , pois atinge 60-80% dos pacientes. Atinge grandes articulações , como joelho e cotovelo . Apresenta um caráter migratório e a dor articular não compromete somente uma articulação .

Ao exame físico , pode surgir o sopro cardíaco denotando um comprometimento do coração.É a complicação mais temida porque pode deixar seqüelas, sendo uma das principais causas de cirurgia cardíaca no Brasil.Trata-se de uma inflamação em uma ou mais válvulas do coração e que é diagnosticada pela presença de sopro. A lesão pode ser leve ou grave, com insuficiência cardíaca. Além de ouvir o sopro, o médico completará a avaliação com exames como o ecocardiograma e o eletrocardiograma. Ocorre mais ou menos 1 semana a 3 meses após a infecção de garganta.

Quando a doença afeta o coração , o tratamento deverá ser realizado por toda a vida.

Ao atingir cérebro , a doença provoca movimentos involuntários, desordenados, mais evidentes em extremidades (braços e pernas) e no rosto. Esses movimentos, geralmente aumentam com as tensões emocionais e cessam com o repouso. Pode alterar o comportamento (fica mais sensível emocionalmente), a fala e a escrita. É uma complicação mais tardia , que ocorre depois de um a seis meses após a infecção estreptocócica.

Diagnóstico

Feito pelo cardiologista Infantil , através de dados da história do paciente e alguns exames laboratoriais e de imagem ( raio x e ecocardiograma) .

Tratamento

O tratamento é feito pelo uso da penicilina benzatina , a Benzetacil , a cada 21 dias por pelo menos 5 anos. Isso mesmo , uma injeção por mês !

E se houver problema cardíaco, o tratamento será por toda a vida …

Por isso é fundamental a conscientização dos pais em sempre usar de forma correta e consciente os antibióticos . Não usar a dose menor prescrita pelo médico e nunca suspender a medicação antes do previsto.

Sem o tratamento adequado , a febre reumática apresenta altas taxas de mortalidade.Cuidado com as amigdalites!

Fica a dica.

Anúncios

Escrito por Dra Fernanda Naka

Pediatra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s