Você sabia que o vômito e a diarréia estão entre os problemas mais comuns da infância, sendo responsáveis por boa parte das queixas em consultas pediátricas ? O início repentino e a forma como diminui o apetite das crianças , deixa qualquer mãe de cabelo em pé!

Tanto a diarréia quanto o vômito são maneiras que o nosso organismo usa para jogar fora o que faz mal, como alimento estragado ou água contaminada.

A diarreia é o aumento no número de vezes que a criança faz cocô, o qual fica mais líquido do que ela está acostumada a fazer e costuma ser acompanhada de vômitos. Ela pode ser causada por germes que contaminam a água, alimentos, vasilhas, as mãos das pessoas e as coisas que elas usam para preparar os alimentos. Ocorre mais facilmente em locais onde o saneamento básico é ineficiente , como nas praias .

Apesar de normalmente ser passageiro, é preciso saber diferenciar um quadro mais leve de um mais grave, que pode levar a desidratação. Se a criança apresentar: sonolência excessiva, vômitos com sangue ou conteúdo parecido com fezes, diarréia com sangue e pus, ausência ou redução de xixi, moleira baixa, boca seca, choro sem lágrima, palidez mantida, rouxidão na boca e das extremidades e respiração difícil e rápida, é preciso levá-la ao médico o quanto antes!

O cheiro do cocô não indica infecção ou maior gravidade ! Toda diarréia é malcheirosa , devido à redução da absorção dos alimentos ao passar pelo intestino .

O que fazer

• A hidratação é que deve vir em primeiro lugar. Lembre-se de que toda criança come menos quando adoece. Nesse caso, o importante é que ela tome muito líquido , o dia inteiro, e em pequenas quantidades para não induzir vômito.

Suco de limão com maisena resolve ? Não sei , mas uma boa receita caseira é a “água de arroz ” : coloque 1 litro de água com 1 punhado de arroz lavado e cozinhe por 15 minutos . Pode colocar 1 colher de chá de sal e 1 colher de sopa de açúcar e ofereça somente água para a criança . Fácil e com boa aceitação , ajuda a diminuir o tempo da diarréia.

• Utilize os recompositores de flora intestinal . Eles contêm bactérias que auxiliam nos sintomas e aceleram a recuperação do intestino . Não há contra indicação de idade e são fáceis de administrar : tem sachê , cápsula , comprimido mastigável e ampolas.

• O pediatra pode prescrever medicação para verminoses . A nitazoxanida tem indicação para gastroenterites virais ( as chamadas viroses ) e giardíase . A giardíase provoca um quadro de diarreia intermitente , ou seja , aquela que vai e volta com frequência e é bem comum na infância .

• Alimentos indicados : banana , maçã , goiaba , água de côco, bolacha salgada ( água e sal ) , batata , arroz , macarrão.

O que NÃO fazer

• Não ofereça isotônico ( Gatorade) . Sei que muitos colegas pediatras até prescrevem esse tipo de bebida , mas fique atenta : é contra indicado para crianças devido ao alto teor de sódio e outros elementos ! Utilize água num primeiro momento e depois ofereça sucos naturais e água de côco para uma boa hidratação .

• Alimentos e refeições leves são indicadas , como batata cozida e arroz . O macarrão pode ser usado e nada de Miojo Lamen ! No desespero é muito comum os pais oferecerem qualquer alimento , na esperança de que a criança coma . E nessa busca , é óbvio que o seu filho irá preferir as guloseimas , como frituras e doces . Mas esse tipo de alimento irá provocar uma piora da diarreia e consequentemente das cólicas .

• Alimentos contraindicados : carnes gordurosas ( linguiça , cupim e outros cortes de churrasco ) , frituras , bolacha recheada , doces e chocolates , Miojo Lamen e refrigerante .

E o leite ?

O leite de vaca pode ser oferecido , mas devido à presença de cólicas após a ingestão , é muito comum os pequenos rejeitarem as mamadeiras . Em casos de diarréia persistente , com tempo de duração acima de 14 dias , os pais podem trocar para a fórmula ” sem ou com baixo teor de lactose” . O sabor não tem variação , mas devido à ausência da lactose , as cólicas são menores e a aceitação aumenta.

O leite de vaca in natura é uma das principais causas de diarréia no interior do país . Considerado um alimento” livre de conservantes” e de preço baixo , as mães costumam oferecer para bebês menores de 1 ano. Com o sistema imunológico ainda pouco desenvolvido , o bebê pode evoluir com um quadro de infecção intestinal grave , com necessidade de hospitalização .

O leite de vaca in natura , mesmo fervido , pode transmitir uma série de doenças ( tuberculose , salmonelose , brucelose ) e não é adequado ao consumo .

Anúncios

Escrito por Dra Fernanda Naka

Pediatra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s