Para amenizar os dias quentes, entram em cena equipamentos como ar-condicionado, ventilador e umidificador. Muitas pessoas questionam como se refrescar sem prejudicar a saúde e, realmente, se não forem regulados e usados corretamente, podem causar danos, principalmente ao aparelho respiratório.

Ar condicionado

O ar-condicionado não é um vilão para o corpo. Sem dúvida, dá uma ajuda para driblar o calor excessivo , mas o problema é que, para diminuir a temperatura, ele suga o ar do ambiente e retira umidade. E a umidade baixa causa uma série de incômodos, principalmente nas pessoas alérgicas.Para ficar confortável, a umidade do ar deve permanecer entre 50 e 60%.

Se você vai usar o ar condicionado , é fundamental ligar um umidificador ou umidificar as vias áreas da criança com soro fisiológico de duas a três vezes por dia –isso evitará o ressecamento da mucosa nasal que, muitas vezes, causa sangramentos no nariz.

Você sabia se as condições de umidade estiverem boas e o ar condicionado for devidamente higienizado e tiver um bom filtro, o aparelho pode até contribuir para a diminuição das alergias ? Confesso que também não tinha essa informação.

Alguns aparelhos filtram até 80% das partículas com bactérias e fungos, prevenindo que as crianças estejam expostas a esses alérgenos. Por esse motivo, é essencial que a limpeza do filtro seja feita de acordo com as recomendações de cada fabricante. No geral, o aparelho deve passar por uma revisão uma vez ao ano.

Sem a limpeza regular, o filtro pode acumular partículas de poluentes, além de fungos e bactérias .Com o tempo, a qualidade do ar fica ruim , devido ao grande acúmulo de bactérias , fungos e ácaros.Em escritórios, por exemplo, a pouca manutenção do equipamento contribui para a proliferação de vírus como o da gripe, já que a transmissão se intensifica em ambientes fechados.

Atenção !

Os alérgicos devem evitar o choque térmico ao transitar do calorão para o local com ar condicionado , pois isso pode desencadear uma crise em quem sofre com rinite ou bronquite . Quando a temperatura cai rapidamente , um mecanismo conhecido como reflexo colinérgico é acionado como uma espécie de reação de defesa , provocando espirros, congestão nasal e tosse.

Para evitar o choque térmico, o ideal é que seja mantida uma diferença de até 8ºC entre a temperatura do ambiente externo e do local onde o ar-condicionado está ligado. Por exemplo , quando a temperatura chega a 35ºC, o correto seria manter o equipamento funcionando em 27ºC.

É pouco provável que as pessoas aceitem essa orientação, então uma alternativa é nunca ficar em frente à saída de ar do aparelho, pois o ar frio paralisa os mecanismos de defesa do nariz, pode gerar dilatação e congestão nasal, resultando em predisposição a inflamações, infecções e crises de rinite e rinossinusite.

A melhor temperatura para uma boa noite de sono varia entre 22 a 25 graus .

Ao acordar, abra as janelas. Afinal, é indispensável que os espaços da casa estejam sempre arejados, não importa quão limpo o filtro do ar-condicionado esteja. Deixar a janela escancarada traz ventilação natural e aumenta a renovação do ar do ambiente , reduzindo a quantidade de germes no ambiente.

Ventilador

O princípio do ventilador é colocar o ar em movimento, criando uma corrente que refresca o ambiente. Mas imagine o que acontece quando se liga o aparelho em uma sala cheia de poeira, com mofos nas paredes : todas as partículas de sujeira, fungos e bactérias ficam circulando no ambiente, o que pode ser seriamente prejudicial a crianças alérgicas.

Por isso, é imprescindível manter o ambiente sempre limpo. Além disso, o ventilador também precisa ser higienizado, prestando atenção especial às hélices, onde a poeira se deposita. Principalmente no caso dos ventiladores de teto.Lembre-se também de nunca deixar que a corrente de ar diretamente na criança .Ventiladores de teto devem sempre ser utilizados no modo exaustor, no qual o ar é direcionado para cima e os ventiladores de chão têm de estar posicionados de frente para a parede .

Você já ouviu falar que os ventiladores podem causar dor nas costas ou dor no pescoço enquanto você dorme, certo?Isso ocorre devido ao fluxo frio de ar, que atinge o nosso corpo e músculos , que se contraem quando estamos com a sensação de frio , e ao acordar , você fica dolorido .Por isso a corrente de ar não deve ficar diretamente sobre a pessoa.

E o climatizador?

Uma opção intermediária seria o climatizador , pois possui a função de ventilação e umidificação. Mas também necessita de higienização frequente , para evitar a proliferação de germes.

Qual o melhor ?

Não há um consenso sobre o que é melhor: ar condicionado ou ventilador. Enquanto o primeiro provoca um ressecamento maior, o segundo gera uma corrente de ar, que pode fazer partículas alergênicas circularem pelo ambiente.

Em outras palavras, só você vai saber o que é melhor para amenizar o calor na sua casa. Se o frio do ar condicionado faz a criança espirrar muito, opte pelo ventilador. Com todas as precauções, ambos os aparelhos podem ser usados até para bebês.

Fica a dica .

Anúncios

Escrito por Dra Fernanda Naka

Pediatra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s