Muitas plantas, apesar de belas, apresentam substâncias tóxicas, ou seja: que podem provocar sintomas como coceira e vermelhidão na pele, caso sejam tocadas; vômito, falta de ar, aumento dos batimentos cardíacos, dentre outros. Em alguns casos, inclusive, podem causar a morte.

No nosso país, a cada dez casos de intoxicação, seis acontecem com crianças com idade inferior a nove anos. Isso se deve ao fato de que muitas plantas tóxicas são deixadas em ambientes de fácil acesso, principalmente por causa do desconhecimento da população sobre a toxicidade dessas plantas.

Sabendo quais são, é interessante que não sejam plantadas em casa ou, caso isso já tenha sido feito, é importante evitar que crianças pequenas tenham acesso a elas, e sejam orientadas, desde cedo, a não colocarem esses vegetais na boca ou manipulá-las.

Quais as plantas mais tóxicas ?

Bico de papagaio:

Essa planta é muito usada na ornamentação, especialmente na época de natal. Ela produz um látex que pode causar lesões na pele e nas mucosas, além de inchaço na boca, quando ingerida, e dificuldade de visão, quando em contato com os olhos. Todas as partes dessa planta apresentam toxicidade.

Em caso de intoxicação , lavar com água , em abundância . Não dar leite e não provocar vômito.Guarde a planta e vá diretamente ao hospital.

Comigo -ninguém -pode:

Sem dúvidas, o comigo-ninguém-pode é uma das plantas responsáveis pelos maiores casos de intoxicação. Essa planta, ao ser ingerida, desencadeia queimação, inchaço na boca, língua, palato e faringe, dificuldade para engolir, salivação abundante, vômitos, enjoos, cólicas abdominais, diarreia, entre outros sintomas. O problema maior está no fato de que a planta, por causar inchaço, pode causar asfixia. Vale destacar que, caso ocorra contato com os olhos, pode haver irritação, lacrimejamento e inchaço.

Espirradeira

Essa intoxicação envolve problemas neurológicos, tais como dor de cabeça, tontura e confusão mental, e até mesmo cardíacos, como arritmias e bradicardias. Além disso, sua ingestão pode causar cólicas, diarreia, náusea e vômito. Em contato com os olhos, também pode desencadear problemas visuais, como congestão conjuntival (dilatação dos vasos sanguíneos na conjuntiva).

Coroa de Cristo

Também utilizada para ornamentação, essa planta é muito encontrada em cercas vivas. Além dos espinhos, a planta possui uma seiva leitosa que serve como defesa do vegetal. Caso entre em contato com o olho, o látex pode gerar perda de visão. Em casos de ingestão, os problemas são inchaço de lábios e língua, queimação, náuseas e vômito. Quando em contato com a pele, o látex pode causar irritação e até mesmo o surgimento de bolhas.

O que fazer em caso de intoxicação?

Em casos de intoxicação, lave com água abundante o local e procure imediatamente orientação médica. De preferência, leve a planta até a unidade de saúde para que o profissional identifique-a e tome as medidas corretas no tratamento. Uma recomendação importante é nunca forçar o vômito em caso de ingestão e não oferecer ao intoxicado nenhum produto ( inclusive leite de vaca ) , sem recomendação médica.

Fica a dica.

Anúncios

Escrito por Dra Fernanda Naka

Pediatra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s