Anos 80 uma criança em cada 3 usava uma horinha ortopédica . O sapato era pesado , quente , desconfortável , o terror da meninada. Mas, afinal, para onde foram as botas ?

Pois é, para desespero daqueles que sofreram calor nos pés durante anos, hoje em dia este tratamento praticamente desapareceu. Isto, porque com a evolução do conhecimento sobre o desenvolvimento ortopédico infantil, chegou-se à conclusão de que uma boa parte do que se acreditava serem problemas ortopédicos, na verdade, são situações normais do desenvolvimento e, usando ou não as botas ou palmilhas, não faz a mínima diferença.

A principal indicação da bota era o pé chato ( plano).Acreditava-se antigamente que moldando os pés das crianças eles iriam corrigir o problema. Mas a única coisa que as botinhas proporcionavam para as crianças era um tremendo incômodo , pois era um calçado duro e muito pesado .

As pesquisas começaram a mostrar que na verdade o pé chato é uma condição fisiológica da criança e faz parte do processo natural de crescimento dele. Uma condição que desaparece com o tempo.

Quando nascem, as crianças têm a sola dos pés plana, diferentemente da maioria dos adultos, que têm um arco na parte interna, chamado de arco plantar medial.As crianças nascem com o pé plano porque existe uma massa de gordura que fica no meio do calcanhar , e que se mantém até os dois anos de idade. Com o passar do tempo, o arco vai se formando de acordo com o desenvolvimento ósseo, muscular e ligamentar do organismo de cada um.

5 características do pé chato

Algumas crianças desenvolvem o arco, mas ele não é tão aparente quanto o da maioria, e por isso elas têm o chamado pé plano flexível. O arco delas só é visível quando ficam na ponta dos pés, como uma bailarina.

Todo mundo tem

Mais cedo ou mais tarde, alguém vai dizer que seu filho tem pé chato. É verdade e você não precisa se preocupar. Até os 2 anos, todas as crianças têm pé plano, como é conhecido entre os ortopedistas. A curvatura depende do desenvolvimento da musculatura, o que acontece aos poucos.

Deixe a criança andar descalça

A primeira consulta com o ortopedista pediátrico deve acontecer por volta dos 2 anos, ou antes, a pedido do pediatra. Andar descalço em superfícies diferentes, correr, brincar e usar sapatos confortáveis, sem salto, também ajudam a “moldar” o pé.

Não dói  

A maioria das crianças não apresenta sintomas, além do pezinho plano. Mas se o seu filho não gosta de andar, pede colo a toda hora mesmo sem fazer esforço, conte ao especialista, pois isso pode ser um indício de que algo não está bem.

O diagnóstico é tardio

O diagnóstico de pé chato só pode ser feito após os 5 anos quando o desenvolvimento muscular da criança já está completo. Nessa fase, indica-se o uso de uma palmilha para uniformizar a distribuição do peso.

É genético

Característica herdada dos pais .

Dicas para formar a curvinha do pé

– andar descalço na areia;

– andar na ponta dos pés e calcanhares;

– balé e ginástica artística ajudam muito;

– uso de sapatos anatômicos.

O pé plano não causa nenhum mal . Em raras exceções pode provocar dor , sendo necessário acompanhamento com ortopedista e fisioterapia.

Caso fique constatado que a criança realmente não desenvolveu o arco –o que acontece em torno dos nove anos– e sinta dores ao caminhar, por exemplo, os médicos podem diagnosticar uma doença chamada pé plano rígido. A ausência do arco, nesse caso, deve-se pela fusão de dois ou mais ossos locais. Frente a isso, pode ser recomendado o uso de uma palmilha para amenizar o desconforto até que seja realizada uma cirurgia. Porém, mais ou menos 10% da população mantém pé chato na fase adulta e a maioria dessas pessoas têm pé chato assintomático, que não gera nenhuma consequência. Ou seja, geralmente, o pé chato tem mais a ver com uma característica física do que com um mal de saúde.

Fica a dica .

Anúncios

Escrito por Dra Fernanda Naka

Pediatra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s