Sempre tomei leite de vaca e estou vivo até hoje ! Esse refrão é cantado por pais e avós para todo pediatra . O leite é um alimento nutricionalmente importante , mas não é fundamental à saúde e o seu uso DEVE ser restrito.

Antigamente , lá no tempo dos nossos avós , a alimentação era restrita , principalmente na forma proteica , então o leite era a principal fonte de alimentação infantil. Não havia fórmula infantil , como NAN ou Nestogeno , e nem toda criança estava em aleitamento materno.

Éramos mais saudáveis ?Não necessariamente ! O número de mortes sem diagnóstico definido , diarréias e parasitoses era muito elevado , assim como a desnutrição .

Com o tempo vieram as mudanças na medicina , e os diagnósticos ficaram mais específicos e rápidos , assim como a disponibilidade de outras fontes de proteína. Atualmente não há necessidade de ingerir grande quantidade de leite ou ovo para suprir a demanda nutricional de uma criança .

Leite x câncer

Em 2011 a faculdade de Medicina de Harvard lançou um guia de alimentação saudável o Healthy Eating Plate (HEP, Prato de Alimentação Saudável, em tradução literal) .Este estudo é baseado nas melhores evidências científicas disponíveis e fornece aos consumidores as informações que eles precisam para fazer escolhas saudáveis.

Neste guia , a recomendação foi categórica : ingestão de 1 a 2 porções de leite e derivados por dia.Isso mesmo ! Um copo de leite ou um iogurte por dia .

Por quê?

Uma das causas dessa restrição ao leite é devido a existência de alguns estudos que correlacionam o consumo do leite com câncer de mama e de próstata. No entanto, essa associação não parece estar tão clara na literatura, existindo alguns estudos positivos e outros negativos. Mesmo assim, os pesquisadores de Harvard (W. Willet e D. Ludwig) optaram por limitar o consumo do leite e seus derivados.

O leite sai do topo da pirâmide nutricional , como alimento a ser consumido diariamente , em 2 a 3 porções por dia e passa a ser orientado o consumo moderado de 1 a 2 porções ao dia.

Mas meu filho não come , só toma mamadeira

Ainda temos em muitas famílias o hábito de tomar grandes volumes de leite , principalmente entre as crianças , sendo comum observar caixas e caixas de leite serem colocadas em carrinhos de compras . Entenda que , a criança que toma muita mamadeira , não terá apetite para as principais refeições ( almoço e jantar) e inevitavelmente terá algum distúrbio ou problema alimentar , como anemias , baixo peso ou até sobrepeso.

Existem dois tipos comuns de crianças que tomam grandes volumes de leite : o magrinho ( só toma leite e não tem apetite ) e o gordinho ( toma leite com farinhas ou achocolatado e ainda come nas principais refeições ). O problema é que ambos terão uma grande probabilidade de apresentarem algum problema de saúde associado , anemia ( no caso dos magrinhos ) ou elevação de colesterol ( no caso dos gordinhos ) e agora , segundo os estudos mais recentes , ambos terão uma probabilidade maior de desenvolver câncer.

Portanto , com a divulgação de vários estudos e ainda a recomendação nutricional de Harvard , devemos restringir nossa ingestão de leite de vaca . Mas não será necessário substituir por leite de origem vegetal . O leite continua sendo um alimento saudável , só deve ser consumido com moderação.

Verdades e mitos sobre o leite de vaca

Hormônios do leite fazem mal à saúde?

Não.Existem vários relatos na internet de associações entre doenças e a presença de hormônios femininos no leite de vaca . Mas a verdade é que não existe até hoje nenhuma comprovação científica .

O uso do hormônio do crescimento bovino (rBGH) nas criações. Alguns estudos, mostram que existe o uso de hormônios do crescimento bovino (BrGH) nas criações, no entanto, não existe na literatura relação com doenças ou alterações em humanos.

Troco o leite de vaca por leite vegetal?

Não. Se a criança não possui alergia à proteína do leite de vaca , não há necessidade de trocar o tipo de leite . Os “leites” vegetais ( amêndoas , castanhas , soja ) são nutricionalmente inferiores ao leite de vaca e pela Sociedade Brasileira de Pediatria , a recomendação ainda é clara : devemos tomar leite de vaca , pasteurizado , sim!

O leite ajuda no crescimento e na prevenção de osteoporose?

Não. Alguns estudos avaliaram que não há associação entre ingestão de leite e osteoporose. A afirmação de que o leite é essencial para o crescimento ósseo nas crianças também é controversa. O estudo de Lanou et al. (2005) publicado no Pediatrics avaliou uma série de trabalhos científicos e mostrou que não há relação entre consumo de leite, níveis de cálcio e a saúde óssea de crianças .

Países que consumem pouco leite possuem menor incidência de osteoporose e fraturas ósseas.

Beba leite , mas com moderação!

Fica a dica .

Anúncios

Escrito por Dra Fernanda Naka

Pediatra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s