Dente nascendo , trabalho dobrado para a mãe : chora , não come , da febre , da diarréia , vômito , tosse , dor de barriga … opa ! Nem tanto assim.

Muito sintomas estão ligados com o nascimento dos dentinhos , mas uma grande parte atribuída a eles não . Hoje vamos esclarecer alguns pontos e tentar amenizar os sintomas . Tem coisa nova no tratamento da dor .

Quando nascem os dentes

Os primeiros dentes surgem a partir dos 6 meses em média . Em alguns casos raros , podem aparecer a partir de 4 meses. Vamos lá :

Dentes incisivos inferiores: Entre os 5 e os 12 meses.

•Dentes incisivos superiores: Entre os 7 e os 10 meses.

•Dentes laterais superiores e inferiores: Entre os 9 e os 12 meses

•Primeiros molares superiores e inferiores: Entre os 12 e os 18 meses.

•Caninos superiores e inferiores: Entre os 18 e os 24 meses.

•Segundos molares inferiores e superiores: Entre os 24 e os 30 meses.

Quanto dente não é mesmo? Se você avaliar , o surgimento dos dentes afeta as crianças de 6 até 2 anos e meio . Mas afinal , o que esperar durante essa fase?

Sintomas

Os sintomas mais comuns são : a salivação excessiva a partir dos 3 meses , gengiva inchada e dolorida ao toque , irritabilidade e, febre e redução do apetite.

A febre geralmente está abaixo de 38 graus e com intervalos de 8 a 12 horas. Ela ocorre devido ao processo inflamatório da gengiva , por isso muitos pais se queixam da ” cabeça quente ” do bebê . Sempre verifique a temperatura , para evitar o uso desnecessário de medicação.

Dente dá diarreia ?

Não. As diarréias são comuns por volta dos 6 meses e não tem relação com a dentição , mas com o hábito de colocar a mão na boca . Como as mãos nem sempre estão limpinhas , elas podem carregar vírus e bactérias para dentro do corpo e provocar viroses e infecções .

Também é nesta fase que se inicia a alimentação com papinhas , e às vezes certos alimentos podem levar a quadros gastrointestinais .

E a terceiro fator é que grande parte destas crianças irá para creche pela primeira vez , o que gera um maior número de infecções , devido a imaturidade do sistema imunológico.

O que fazer?

• O bom e velho mordedor ajuda bastante . Ele evoluiu e agora pode ser levado a geladeira , para dar um alívio geladinho na gengiva machucada. São tantos formatos que dá para escolher!

• Podem ser oferecidas frutas ou legumes , seguindo a técnica do BLW , aonde as crianças manipulam os alimentos com as mãos . Assim as gengivas são massageadas , diminuindo o desconforto e proporcionam o nascimento mais rápido dos dentes.

• Outra técnica é oferecer alimentos mais frios e pastosos . Os bebês em aleitamento materno podem usufruir do tetolé : picolé de leite materno.

Ele promove um alívio para os dias mais quentes , além de ser de fácil aceitação pela criança . Mas tenha cuidado na manipulação do leite , fazendo uma boa higiene das mãos e dos recipientes .

• Com relação a medicação , a camomila é um santo alívio , pois melhora a qualidade do sono , humor e ainda ajuda na inflamação da gengiva sem efeitos colaterais .

E o remédio que passa boca ?

As pomadas anestésicas proporcionam um alívio imediato e passageiro , mas trazem alguns efeitos colaterais . Recentemente a Academia Americana de Pediatria emitiu um alerta para o uso de produtos com benzocaína devido a morte de bebês nos Estados Unidos.

Na forma de pomada , gel ou tablets anestésicos , a substância é engolida com a saliva ,deixando a garganta anestesiada, o que pode causar engasgo, dificuldade de engolir, aspiração de alimentos para as vias respiratórias e até problemas para respirar.

Pomadas e medicações americanas são vendidas livremente e indicadas por blogueiras , mas já foram proibidas nos Estados Unidos , como o caso da Oraljel:

Descritas como ” homeopáticas ” por quem vende e como produtos milagrosos por quem não sabe , são de uso proibido , assim como o colar de âmbar. Não se baseie em modismos ! Leia e na dúvida , não use !

Anúncios

Escrito por Dra Fernanda Naka

Pediatra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s