Uso de celular provoca problemas de coluna em crianças

As crianças vêm sofrendo cada vez mais de dores nas costas . E a principal causa vem em decorrência da má postura durante a utilização dos aparelhos celulares.

Especialistas informam que a busca por atendimentos ligados a problemas na coluna cervical aumentou em até 40%, sendo que a maioria dos casos envolve pacientes jovens. Ao usar o celular a maioria das pessoas inclina a cabeça e projeta os ombros para frente, ficando uma posição curvada.

E quanto mais baixamos a cabeça para ler e digitar mensagens, pior. De acordo com um estudo do instituto americano, se o ângulo de curvatura do pescoço ficar em 15 graus, por exemplo, a carga sobre a coluna cervical será de 12,2 quilos. Aos 60 graus, o peso chega a 27,2 quilos.

Muitos adolescentes ainda não associam as dores à postura torta que adotam para usar o celular. E, mesmo quando informados sobre os danos ao corpo, boa parte não procura fazer exercícios físicos para fortalecer a musculatura do pescoço e dos ombros.

É preciso policiar a postura do corpo e diminuir o tempo dedicado a smartphones e tablets.

Sintomas

Especialistas dizem que são cada vez mais comuns os casos de “text neck” ( “pescoço de texto” ) : caracterizados por dores na cabeça ligadas a tensões na nuca e no pescoço causadas pelo tempo inclinado em uma posição indevida para visualizar a tela do celular.

Esse problema pode se agravar e, em alguns casos, pode levar a uma condição conhecida como nevralgia occipital.É uma condição neurológica em que os nervos occipitais , que vão do topo da medula espinhal até o couro cabeludo , ficam inflamados. Ela pode ser confundida com enxaqueca.

A dor pode ser intensa, como se o pescoço estivesse “queimando”, e começa na base da cabeça, se estendendo por toda a parte superior.Você pode sentir a dor em um dos lados da cabeça ou nos dois, e até atrás dos olhos quando movimenta o pescoço.

Dores nos ombros , braços e pulsos também são frequentes devido à má postura.

Como tratar?

Especialistas explicam que atividades para compensar a fadiga muscular, como alongamento, fisioterapia, ioga e pilates, podem amenizar os efeitos indesejados.

Um modo fácil de fazer com seu filho em casa é o relaxamento da musculatura cervical : Faça o movimento do “sim” com a cabeça. Tente encaixar o queixo no tórax. E, também, o do “não”. Leve o queixo até os ombros. Repita os movimentos pelo menos dez vezes seguidas.

Fica a dica .

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s