Banco de cordão umbilical , vale a pena ?

Assunto polêmico , levanta debates desde o surgimento dos bancos privados de armazenagem, dividindo opiniões entre os médicos. Mas afinal, vale ou não a pena pagar a um banco de cordão umbilical?

As células do sangue do cordão umbilical não são células-tronco embrionárias. Têm características adultas, porém são mais imaturas e ainda pouco estimuladas. Essa é a célula que efetivamente é substituída quando é feito um transplante de medula óssea.

A ideia de armazenar o seu próprio cordão umbilical seria a de garantir , em uma eventual necessidade , uma reserva das suas próprias células sanguíneas .

Como é feita a coleta de sangue do cordão umbilical?

Após o nascimento, o cordão umbilical é pinçado (lacrado com uma pinça) e separado do bebê, cortando a ligação entre o bebê e a placenta.

A quantidade de sangue (cerca de 70 – 100 ml) que permanece no cordão e na placenta é drenada para uma bolsa de coleta.

Em seguida, já no laboratório de processamento, as células-tronco são separadas e preparadas para o congelamento.

O processo é feito ao nascimento , por um profissional treinado , ao valor médio de R$ 3000,00 , com pagamentos anuais de R$ 400,00 para manutenção .

Vale a pena?

Especialistas afirma que apesar de reconstituírem a medula óssea doente em um caso de leucemia , a possibilidade de usar as células-tronco de cordão na própria criança é mínima.Já se sabe que em casos de leucemias, provavelmente exista uma tendência genética presente desde o nascimento, portanto o transplante de células de cordão da própria pessoa não é considerado como um tratamento curativo. A melhor opção, se houver indicação de transplante de células-tronco, continua sendo a utilização de um doador compatível.

Do ponto de vista científico, não há nenhuma indicação ou evidência consistente de que congelar o sangue de cordão em bancos privados para o próprio uso seja eficiente.

Segundo dados da ANVISA, em cerca de 20 mil amostras de sangue de cordão congeladas, só uma será utilizada em transplante até os 20 anos de idade do paciente. E mesmo nestes casos, você poderia recorrer à própria medula óssea para obter essas células.

O congelamento para uso do próprio doador está muito longe de ser um seguro de vida, como os bancos privados parecem sugerir.

O banco de cordão do SUS

Você sabia que existem bancos financiados pelo Ministério da Saúde e coordenados pelo Instituto Nacional de Câncer (INCA), que colhem e armazenam o sangue do cordão umbilical e placentário ? Eu também não sabia !

Essas amostras estão disponíveis em um cadastro nacional para atender pacientes que precisem de um transplante de medula óssea. A doação em banco público não custa nada para quem doa, e nem para quem recebe.

Doar para um Banco público ajuda a aumentar as chances de compatibilidade de pacientes que não possuem doadores com grau de parentesco. Além disso, as células ficam disponíveis imediatamente após o congelamento e registro na rede BrasilCord, sem haver a necessidade de submeter o doador à retirada da medula óssea. Outra vantagem é que não é necessária a compatibilidade total entre o sangue de cordão e o paciente. Apenas a compatibilidade parcial é suficiente para o transplante.

As mães que tiverem interesse em doar o SCUP do recém-nascido devem procurar o banco da BrasilCord mais próximo para entrevista. Existem critérios específicos que devem ser levados em conta, como: ter entre 18 e 36 anos, ter feito no mínimo duas consultas de pré-natal documentadas, estar com idade gestacional acima de 35 semanas no momento da coleta e não possuir, no histórico médico, doenças neoplásicas (câncer) e/ou hematológicas (anemias hereditárias, por exemplo).

São quatro bancos em São Paulo (dois na cidade de São Paulo, um em Campinas e um em Ribeirão Preto), um na cidade do Rio de Janeiro , um no Distrito Federal , um em Santa Catarina , um no Rio Grande do Sul , um no Ceará , um no Pará, um em Pernambuco , um no Paraná , e um em Minas Gerais .

Fica a dica.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s