É só ir na escola que meu filho fica doente !

Seu filho começou a frequentar a escola e já está doente? Parece que nunca sara e toda hora está com o nariz escorrendo?

Saiba que você não está sozinha . TODAS as crianças matriculadas antes dos 2 anos de idade convivem com as “viroses” durante todo o período letivo. Mas por que isso acontece?

As crianças que frequentam creches têm de seis a oito episódios de infecções por ano. É quase um episódio por mês. Mas, isso não significa que a criança esteja com a imunidade baixa.

Durante os primeiros anos de vida, o sistema imunológico está em fase de amadurecimento, o que torna a criança mais vulnerável a infecções. O contágio da maior parte dos vírus acontece pelo contato e, nessas idades, as crianças estão muito próximas, trocam brinquedos que geralmente levam à boca todo o tempo, por mais que as creches tentem individualizá-los.

Além disso, grande parte das doenças são causadas por vírus, que se transmitem de uma criança para a outra com muita facilidade através das gotículas de saliva, ou seja, só de chegar perto e falar já pode transmitir.

Cada vez que a criança tiver contato com um vírus novo, ela terá uma infecção, porque ainda não tem os anticorpos necessários para evitar isso.  Por isso o primeiro ano é o mais difícil para os bebês e para as mães que ficam desesperadas de ver que toda semana o filho está resfriado, ou tossindo, ou com diarreia, ou com infecção de garganta, etc.

Algumas vezes parece até que é a mesma doença que não curou, aquele resfriado interminável.

Como evitar isso?

Não fique preocupada por ser uma péssima mãe ao colocar seu filho na escola tão cedo. Existem algumas maneiras de melhorar a frequência das infecções.

alimentação : frutas e verduras coloridas possuem vitaminas variadas. Se o seu filho não aceita muito bem , bata um suco e evite dar aquele ” sopão” com todos os legumes da geladeira. A sopa tem muito líquido e os vegetais muitas fibras , o que provoca a saciedade antes da criança consumir uma quantidade ideal de nutrientes.

vitaminas : zinco é a vitamina chave . O efeito da suplementação de zinco sobre o sistema imunológico apresenta bons resultados em crianças, aumentando o controle de diarréias e infecções respiratórias.

check up : verificar com o seu pediatra a presença de doenças que possam propiciar mais infecções , como as alergias e anemia.

repouso em casa : evitar levar a criança doente para a escola, para que ela possa se recuperar . A criança doente tem pouco apetite , que pode piorar quando ela toma muita medicação . Em casa , a supervisão da alimentação é melhor e podemos oferecer uma boa variedade de alimentos em caso de recusa .

use lactobacilos : isso mesmo : leite fermentado , iogurte e kefir são ótimos aliados para melhorar a imunidade. Contem lactobacilos que atuam sobre a flora intestinal e melhoram a imunidade das crianças .

Alguns pais e avós dizem que as crianças de hoje são mais “fraquinhas ” e não saram , porque sempre estão com tosse ou coriza . Na verdade , cada vez mais cedo elas entram na escola e isso tem sido prejudicial à saúde delas . Se o seu filho não melhora ou teve que utilizar antibióticos com muita frequência , talvez seja a hora de repensar na necessidade dele frequentar o ambiente escolar.

Fica a dica.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s