Sapinho na boca de bebês : como tratar e prevenir

Algumas noções básicas de higiene geralmente são importantes para combater contaminações causadas por fungos. Existem casos, no entanto, em que o problema surge devido à contaminação por chupetas , mamadeiras ou até através dos seios das mães .

O nome científico do sapinho é monilíase. Trata-se de uma infecção causada por um fungo chamado Candida albicans. Aparece na boca – língua, gengivas, parte interna das bochechas e nos lábios. Apresenta -se como uma mancha branca , que não pode ser retirada .

É importante não raspar ou tentar tirar os pontinhos brancos da boca do bebê, pois além de provocar dor e sangramento, pode piorar a infecção. O sapinho na boca do bebê também pode causar perda de apetite e prejudicar a amamentação.

Causas

As causas mais comuns de monilíase em bebês estão ligadas à higiene de chupetas e mamadeiras . Lave a mamadeira e depois de esterilizar , deixe secar e nunca guarde na geladeira . A umidade e a limpeza incorreta proporcionam a proliferação de fungos dos bicos .

Outros erros comuns :

• não use gaze com soro ou bicarbonato de sódio para limpar a boquinha do bebê . O excesso de manipulação e o uso de produtos modificam a flora da boca e aumentam a incidência de sapinho.

• a contaminação também pode ocorrer pela presença do fungo nos seios da mãe. O uso de protetores de seios e sutiã muito grosso e com material sintético dificulta a ventilação da pele e facilita o surgimento de fungos e micose . A mama coça e fica com a pele mais sensível e deve ser tratada para evitar a contaminação do bebê.

Tratamento

Feito com solução administrada por via oral , o tratamento é longo , por cerca de 14 dias . É muito comum a reinfecção , por isso a reavaliação da higiene é fundamental .

Medicamentos:

▪ Nistatina (micostatin): solução oral, aplicando 0,5 ml em cada cantinho de boca 4x ao dia por 10- 14 dias – tratamento clássico.

▪ Prós: nenhum efeito colateral e mais barato

▪ Contra: demora para matar o bichinho levando a ausência mais prolongada da escola, aumento progressivo da resistência do fungo ao medicamento e algumas pessoas tem dificuldade para aplicar

▪ Miconazol  (daktarin): gel oral, deve ser aplicado com o dedo nos locais afetados da boca 4x ao dia por 7-10 dias

▪ Prós: tratamento mais rápido e eficaz

▪ Contra: maior risco de efeitos colaterais como vômitos, náuseas e boca seca/desconforto oral. Muito mais caro.

Não Medicamentoso :

▪ Bicarbonado de Sódio (sim, aquele de cozinha que compra no mercado): Ele altera o pH (fica mais básico ou menos ácido) da boca e pode levar a queimaduras da parte interna da boca . Não deve ser usado.

▪ Mel Rosado: solução de rosa rubra e mel , é muito recomendado pelas avós e palpiteiras de plantão ,não tem evidência de que funcione.

▪ Iogurte : os lactobacilos podem ter efeito benéfico pois recompõe a flora . Mas os iogurtes só podem ser usados a partir de 1 ano de idade .

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s