Pelo direito de NÃO amamentar

Um levantamento mundial divulgado hoje aponta que 93% das mulheres no Brasil sentiriam culpa caso não pudessem dar de mamar aos seus bebês.Que mãe se sente culpada por quase tudo, todo mundo sabe. Mas o fato da mãe não amamentar seu filho está massacrando o coração de muitas .

De acordo com a pesquisa, 41% das brasileiras acreditam que o tempo ideal de amamentação vai de seis meses a um ano. No entanto, apenas 33% delas conseguiram de fato colocar em prática a amamentação por este período. Afinal , nossa legislação trabalhista só permite 3 meses de licença e junto com 1 mês de férias , só conseguimos 4 meses para ficar o bebê .

Depois deste período , a grande maioria das crianças passa a frequentar a creche . Não é raro a recomendação das escolinhas para que a criança já esteja recebendo papinha antes de começar a frequentar.

A mãe que trabalha precisa do desmame precoce

A mãe que trabalha ou não pode amamentar se sente culpada duplamente : por colocar o filho na escolinha e por deixar de amamentar . Tornar isso o menos doloroso possível é tarefa da família e do pediatra.

Conseguimos manter o aleitamento nestes casos , mas e quando não é o desejo da mãe ?

Se esse é o seu desejo , também tenho plena certeza de que isso não te faz ser menos mãe . Seja porque não conseguiu, porque doeu, porque ficou exausta, porque achava difícil manter. Não importa. É o seu corpo e o seu direito .

O mito da super mãe

Todas sabemos da importância da amamentação , mas de uma certa forma , também somos massacradas pela sociedade quando isso não dá certo. Muitas pacientes vêm aos prantos no meu consultório quando algo a impede de oferecer o leite ao seu filho . Por que tanto sofrimento ?

Algumas mulheres simplesmente não gostam da ideia de dar o peito, e outras até tentam, mas sentem que aquilo não funciona para elas. Podem existir várias explicações para esse tipo de sensação, e é possível que você nem consiga expressar muito bem o motivo. Não se sinta pressionada.

Cada mãe tem sua história e suas dores.É preciso entender que nenhuma mãe que deixa de amamentar o faz sem dor. Todas nós temos o sonho do aleitamento perfeito, igualzinho aos das fotos no Instagram .

Não é fácil cuidar de um filho, ter parto normal, amamentar exclusivamente, trabalhar sem culpa, voltar ao corpo de antes, manter um casamento feliz . Antes de apontar o dedo, devemos nos lembrar : mães precisam muito de apoio, e não de julgamento.

Para as mães que tentaram amamentar, mas não conseguiram, vocês não fracassaram. As pessoas podem te julgar, mas eles não te conhecem. Eles não sabem pelo que você passou. Eles não sabem o quanto você chorou por isso . Eles não sabem o quanto você tentou. Eles não sabem o tanto de coisas que você fez só para tentar ter mais leite.

Você deu tudo de si. Você tentou. E você não fracassou, você venceu e se mostrou uma mãe incrível. Dê a sua mamadeira com orgulho e não deixe que os palpiteiros de plantão te afetem com suas maldades .

Pelo direito de não amamentar !

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s