10 dicas para o seu filho comer bem (sem brigas)

Queixa frequente entre as mães , cerca de 50% das crianças têm problemas de alimentação , são seletivas , demoram para comer, muita briga e lá vem o desespero das mães….Vai ficar doente assim!

Antes de mais nada, é preciso ficar claro: comer bem não significa comer muito, e sim de forma equilibrada. Parece simples, mas é aí que mora o desafio. Enquanto algumas famílias se queixam de que o filho não gosta de nada, outras contam que ele recusa vários alimentos, mas devora exatamente as mesmas comidas todos os dias. A alimentação infantil é mesmo cheia de questões.

10 passos para seu filho comer bem

1- Não (o) brigue :

Ajude seu filho ou filha a criar uma ligação saudável com a comida desde bebê. Para tanto, não use alimentos (doces ou salgados) como método de castigo, pressão ou prêmio, porque esses comportamentos podem criar associações perigosas na cabeça de crianças.

O horário das refeições deve ser prazeroso , não um palco de punições e ameaças .

2- Rotina :

Criança precisa de rotina.Fixar o mesmo horário das refeições durante a semana e aos finais de semana ajuda , muito.Respeite o horário delas , você se adapta a elas e não o contrário.

O organismo adapta-se as rotinas – naquele horário das refeições o cérebro irá iniciar a liberação de suco gástrico , dando aquela sensação de fome . Todo o corpinho estará na espera pelo alimento , facilitando muito a aceitação .

3- Variedade:

• As crianças aceitam ou rejeitam as coisas de acordo com o momento. Quando ela recusar a comida, ignore e ofereça de novo mais tarde. Outro segredo é variar no preparo. Exemplo: sirva a cenoura crua, cozida ou ralada .

• Invista em alimentos miniatura, pois fazem com que as crianças sintam que aquilo foi feito só para ela , como mini legumes (cenoura baby ) ou ovinhos de codornas por exemplo, tendem a agradar bastante.

• Apresente formas inusitadas. Não precisa fazer carinha na comida 😜, mas no meio da semana , faça um espetinho de carne ou de legumes , ou que tal uma pizza de frigideira com legumes? Abuse da criatividade.

4- Ponha a mão na massa :

Mãe que cozinha geralmente o filho come melhor. Não precisa virar uma chef de cozinha , apenas coloque a criança na preparação de alguns alimentos . Comece com saladas , lanches e bolos .

5- Seja o exemplo:

Se os pais não comem frutas e verduras porque seu filho será diferente? Eles se espelham no nosso comportamento. Coma uma verdura com a mesma voracidade de um doce ! Isso despertará o interesse da criança .

As porções devem ser pequenas , mais ou menos do tamanho do punho fechado da criança !

6-Socialize-se :

Chame os amigos da escola ou do prédio na hora das refeições , pois sentar com outras crianças ajuda muito. Elas ficam curiosas em experimentar novos alimentos quando observam os outros.

7- Não troque leite por comida:

Não ofereça nenhum alimento ou mamadeira antes das refeições principais ( almoço e jantar) , pois irá reduzir o apetite: ” Meu filho não come , mas pelo menos bebe leite” é um mito comum na cabeça dos pais.

Após os 6 meses de idade o leite , materno ou não , deixa de ser a principal refeição da criança , pois ela necessita de outros nutrientes e em uma quantidade maior para manter seu aporte energético.

É comum uma criança que não come bem tomar mamadeira com algum engrossante ( farinha láctea , mucilon ou sustagen ) em uma tentativa de aumentar o peso ou oferecer mais vitaminas . Minha opinião : não funciona . Tente reduzir ao máximo a mamadeira , principalmente durante o dia , e tenhas planos de suspender a mamadeira da noite também .

8- Desligue os eletrônicos ,inclusive a tv:

Evite distrações durante as refeições (dê de comer em um local tranquilo). Dar comida com a criança andando , assistindo tablet ou tv faz com que ela não perceba que naquele horário , ela precisa se concentrar na mastigação e comer .

Limite o tempo :15 minutos para começar a comer , 25 minutos para terminar. Quando focada no que está fazendo , o trabalho rende mais e é mais rápido , não é mesmo ?

9- Faça das refeições um evento família :

Mas eu trabalho fora o dia todo! Ora , fique tranquila , não precisa ser toda refeição , mas sem dúvida os pequenos comem melhor quando os pais estão na mesa .

Conte com a ajuda dela para montar o cardápio da semana. Peça a ela para escolher um prato e os pais escolhem outro. O mesmo vale para quando a família vai a um restaurante: a mãe pode sugerir que ela escolha o prato do filho e o filho escolhe o dela

10- Regra das 5 cores:

Uma regrinha que funciona muito bem – todo prato deve ter 5 cores , pois assim oferecemos uma boa variedade de vitaminas em uma refeição.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s