Autismo seria tratável e curável?

Essa controvérsia começou durante a conferência Autism One, após palestra dada por Kerri Rivera , uma homeopata americana que afirma ter a cura para o autismo.

O protocolo de tratamento de Rivera inclui dieta livre de glúten e caseína, controle de patógenos com o CD, detox de metais pesados ( com a aplicação MMS) , oxigenação e suplementação nutricional. Mas funciona?

O que é MMS?

Conhecido em fóruns, redes sociais e em vídeos na internet como MMS (sigla em inglês para solução mineral milagrosa), teria a capacidade de promover uma “desintoxicação de bactérias não identificáveis em exames” e metais pesados do organismo, que seriam os responsáveis por causar os sintomas do autismo.

Na verdade trata-se de uma composição de substâncias que tem como produto final o dióxido de cloro . Vendido na forma de kits em sites da internet, o dióxido é um poderoso alvejante altamente corrosivo.

No Brasil, as famílias que tiveram acesso ao protocolo de Kerri no exterior já formam um grupo numeroso, assim como médicos que concordam com seus princípios e acompanham com interesse as pesquisas.

O dióxido é altamente perigoso , e pode levar a irritação e lesão de pele , desidratação, náuseas, enjoos e prostração. No entanto , entusiastas desta “terapia” afirmam que esses sinais de intoxicação, são, na verdade, indícios de que o tratamento está funcionando.

Os defensores da MMS divulgam fotos de “vermes” expelidos após o uso do enema como comprovação de que o tratamento funciona. Na verdade , os supostos “vermes” são fragmentos de mucosa intestinal liberados após os sucessivos enemas (injeção de líquido pela via retal).

Funciona ?

Desde junho do ano passado a fabricação, distribuição e comercialização do MMS para cura do autismo (ou outras indicações para a saúde) é proibido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que não reconhece a fórmula para fins terapêuticos.

O dióxido de cloro, comercializado com a sigla MMS, não tem aprovação como medicamento em nenhum lugar do mundo. A sua ingestão traz riscos imediatos e a longo prazo para os pacientes, principalmente em crianças.

Por onde essa substância química passa há uma destruição de células e tecidos, matando ainda milhares de bactérias, inclusive as boas, que têm papel importante no funcionamento do organismo. O MMS pode causar ainda insuficiência renal, gastrites e úlceras graves e até levar a morte.

Por isso , os pais ou profissionais que utilizarem o tratamento em crianças autistas podem responder criminalmente . A prática é criminosa e o uso do MMS, seja para ingestão ou uso via retal, pode ser inferido como crime no artigo 88 , no artigo 5º da Lei Brasileira de Inclusão, com pena de reclusão de um a três anos e multa.

É válido enfatizar que pais, mães e responsáveis que sujeitem crianças e adolescentes a tratamentos degradantes estão sujeitos às sanções cabíveis no campo criminal e ainda ao encaminhamento da criança ou do adolescente a programa de acolhimento e até perda da guarda .

O autismo é um transtorno de desenvolvimento que pode prejudicar a capacidade de se comunicar e interagir. As causas são desconhecidas, mas, a ciência acredita que são quadros resultantes da combinação de diferentes genes. Não há uma cura para essa doença, mas existem tratamentos para ajudar a diminuir os sintomas, como terapias e uso de antipsicóticos.

Um comentário

  1. Se estivesse-mos no Seculo XIV os divulgadores do MMS ou CDS seriam queimados vivos, como aquele que afirmou que a terra não era plana mas redonda. Estamos no século XI, no entanto os Dogmas cada vez estão mais atuais, e quando algo não é cientificamente compreendido na atualidade, os fora do rebanho são rotulados de negacionistas, ou aldrabões, enfim os não seguidistas através dos seculos, tem sido violentados como muitos profissionais da saúde, simplesmente pelo crime de serem sérios, são ameaçados por aqueles que sabem tudo, mas no fundo não resolvem NADA.
    Quando alguém nega algo, tem de provar aquilo que afirma perante as provas da evidencia, caso contrário, qual é a figura que faz?. Não se esqueçam que a verdade é como o azeite, mais tarde ou mais cedo a verdade vem sempre ao de cima. Não se pode meter tudo no mesmo saco.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s