Qual o ganho de peso ideal para um bebê ?

Será que o meu filho está engordando e crescendo como deveria? Essa é uma das principais dúvidas dos pais ,especialmente no primeiro ano de vida do bebê.

É importante frisar que no início da vida o bebê vai emagrecer. Isso ocorre por causa da perda de líquidos nos primeiros 10 dias de vida . Normalmente, a criança reduz em torno de 10% do peso corporal, depois esse número volta a subir.

Ganho de peso no primeiro ano de vida

A estimativa do peso serve para qualquer tipo de alimentação , seja aleitamento materno ou fórmulas lácteas . O peso se refere ao mínimo adequado mês a mês até 1 ano de idade .

Tabela de ganho de peso no primeiro ano de vida

Mês de vida Ganho de peso

0-3 meses 700 g / mês

3-6 meses 600 g/mês

6-9 meses 500g /mês

9-12 meses 400g/ mês

Numa regra prática , o peso do seu filho dobra até o quinto mês de vida e triplica até o primeiro ano de vida .

Cada criança tem uma curva individual, que avalia mês a mês o que ela engordou em relação aos dados da população brasileira. E existe, sim, uma variação e há desvios esperados – tanto para cima quanto para baixo. Não basta pesar, tem que medir e interpretar.

Existe diferença entre os sexos ?

Sim! O número da balança está relacionado com o sexo do bebê . Os especialistas dizem que, mesmo sutil, percebem uma diferença: os garotos tendem a nascer pesando mais do que as garotas. No acompanhamento ao longo do primeiro ano de vida existem gráficos e curvas para cada sexo , devido às diferenças de peso e estatura .

Quando a perda de peso deve se tornar uma preocupação?

Nos primeiros dois meses, o bebê ganha mais peso do que nunca. Conforme vai crescendo, o ritmo diminui.É nessa hora que muitas mães ficam preocupadas. Algumas, de forma equivocada, param de amamentar o filho com leite materno, pois acreditam que não está sendo suficiente.

Muitos pais ficam aflitos na hora de pesar o bebê , com receio de que ele não esteja se desenvolvendo bem. Ganhar pouco peso em um mês não significa nada isoladamente .É essencial manter a calma e ter um diálogo aberto com o pediatra, que avaliará todos os sinais clínicos e também fará uma análise dentro da curva de crescimento.

A anemia é a doença mais comum , nesta faixa etária , a provocar um baixo ganho ponderal . Problemas com a pega e solução correta do leite também são muito comuns e facilmente corrigidas.

Mas ele é magrinho igual ao pai

O fator genético interfere sim na estatura e peso da criança . São muitos fatores que podem influenciar o crescimento do bebê e da criança, no entanto, existe um certo padrão de crescimento, especialmente nos primeiros meses de vida.

Durante a análise mês a mês , o pediatra avalia e considera o padrão familiar . Mas para todos há um peso mínimo e máximo , a seguir. É através destes parâmetros que classificamos as crianças em baixo peso e desnutridos ou sobrepeso e obesos .

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s