Tosse : qual o melhor xarope?

Com a chegada do outono e inverno , os dias ficam mais fresquinhos e a umidade do ar cai. São comuns os casos de tosse e congestão nasal e a procura por consulta aumenta muito .

Infelizmente não há um único xarope para resolver todos os males , pois cada caso é diferente e cada criança possui uma história e perfil único . Mas , vou tentar te orientar quanto ao uso das medicações e o que deve ser observado .

Não use por conta própria

Nunca use xarope por conta própria , principalmente em crianças menores de 2 anos . Evite usar a receita anterior , pois não necessariamente o problema é o mesmo .

A tosse provoca grande preocupação , já que a sua presença pode ser um sinal de doença grave, como a pneumonia. Contudo, a maioria das situações que condicionam tosse na criança são benignas e autolimitadas.

Tenho observado o comportamento dos pais ao longo dos anos e tenho notado um certo “imediatismo” na resolução dos sintomas e doenças . Não é raro atender pequenos com 1 pico febril há menos de 5 horas ou quadros de tosse que acabaram de começar .

Acho um certo exagero na quantidade de xaropes prescritos e essa necessidade em “resolver” o problema .Tosse não é doença , mas sintoma. Ao início de qualquer um sintoma , os pais devem manter os cuidados básicos , como hidratação ( aumentar líquidos , lavagem nasal e inalações com soro fisiológico ) e observar como irá evoluir .

Na maioria dos casos os sintomas desaparecem em menos de 3 dias , sem a necessidade de qualquer remédio .

Qual é o melhor xarope ?

O único tratamento adequado e eficaz será descobrir qual é a causa do sintoma .Seja qual for o tipo de tosse, não é necessário medicar a criança, em quadros respiratórios de intensidade leve ou moderada.

Apesar da numerosa oferta de xaropes para tosse nas farmácias, poucos pais sabem que a eficácia desses remédios é questionada pelos especialistas. Segundo estudos publicados nos últimos anos , não há indícios científicos suficientes para justificar o uso de medicamentos populares, como xaropes, para tratar a tosse em crianças ou adultos.

Fazer então o quê? Ficar de braços cruzados e esperar ? Mais ou menos . Para os pais que estão vendo um filho sofrer com os sintomas de um resfriado, pode ser difícil aceitar que o melhor a fazer é esperar a doença seguir seu curso natural e evitar o uso de medicamentos.

Em alguns países, já houve uma mudança de mentalidade nesse sentido , com a retirada de xaropes e antigripais das prateleiras das farmácias por falta de consumo!

Existem alternativas eficazes e naturais , como o uso de própolis e fitoterápicos, sem efeitos colaterais e com bons resultados , conforme atestam alguns estudos . Sou muito favorável ao uso de própolis verde e Perlagonium sidoides , por exemplo.

Devemos deixar o sistema imunológico da criança agir , entrar em ação . O uso de tanta química faz mal à saúde . Se a cada espirro ou tosse os pais iniciarem medicação , para “evitar o uso de antibiótico” ou “evitar que isso piore” , as crianças se tornarão cada vez mais suscetíveis aos efeitos colaterais dos remédios , desnecessariamente .

Já quando a tosse passa a ser persistente , com duração há mais de 3 dias , com piora do estado geral e associado a febre intermitente , está na hora de revaliar e procurar um pediatra e nunca o palpite de alguém sobre a melhor medicação .

Fica a dica .

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s