Cuidados com blindex no banheiro

Não sei se vocês acompanharam, mas alguns relatos de mães ficaram famosos nas redes sociais especialmente nos últimos meses, contando sobre vidros de box que estouraram “sozinhos”, sem motivos aparentes, e feriram seus filhos durante o banho.

Infelizmente esse tipo de acidente não é raro e eu mesma já presenciei um caso no Pronto Atendimento : a criança ficou com inúmeros cortes , no rosto e no corpo , após a quebra do box do banheiro . Por isso resolvi tratar o tema aqui no blog .

Como os vidros quebram “sozinhos”?

O problema pode estar na fabricação do vidro ou na instalação da peça na casa. A parte móvel é a que mais apresenta esse tipo de problema : uma instalação incorreta ou o desgaste das peças pode causar desalinhamento do vidro , que passa a sofre impactos leves e atrito com muita frequência . Na hora, podem não resultar na quebra, mas a energia do movimento fica acumulada internamente na peça, a desequilibrando e resultando em uma quebra posterior (e sem motivo aparente naquele momento).

Além disso, todo box deve vir com o nome da fabricante marcado no vidro, na parte superior. Se o seu não tem isso, desconfie e questione a loja que comercializou o produto.

Acontecem mais no inverno?

Mais uma causa comum para a quebra espontânea, especialmente no caso de vidros temperados, é a variação de temperatura. É por isso que muitas vezes o acidente acontece na hora do banho, porque é quando o ambiente está aquecido.

O que ocorre é que o vidro também pode “sofrer” choque térmico (comum, por exemplo, quando o banheiro está frio e ligamos o chuveiro quente), tensionando as superfícies. Por isso ocorre mais no inverno.

Cuidado com a escolha do material

Quando você for escolher o box para o seu banheiro, vai ver que existem tipos diferentes de vidro para essa finalidade: temperado, laminado e com película. Esses são os modelos permitidos pelos órgãos reguladores. A diferença entre um e outro está no processo de fabricação.

No caso do vidro temperado, a peça é exposta ao aquecimento e, em seguida, ao resfriamento rápido, o que garante um material até cinco vezes mais forte que os demais. Com isso, ao quebrar, os fragmentos são pedaços pequenos e sem pontas.

Já o vidro laminado é formado por diversas lâminas interligadas. O diferencial dele é que, em caso de quebra, os cacos ficam todos presos na superfície do meio, evitando o contato com as pessoas.

Esse efeito é parecido com o que os vidros laminados fabricados com película de segurança propõe. Aqui, ao quebrar, os cacos também ficam presos à estrutura (embora temporariamente, por cerca de duas horas). Um cuidado aqui é que a aplicação da película deve ocorrer antes da instalação do vidro.

Outras dicas :

Compre tudo no mesmo lugar : peças de vidro e montagem da mesma empresa de fabricação. Isso porque, às vezes, a instalação pode contar com estruturas diferentes, que variam com a marca ;

Não economize com o material : o vidro apresenta algum pedacinho quebrado (lascado ou arranhado), está com fendas ou bolhas? Em caso afirmativo , não compre .

Faça manutenção : especialistas em vidros recomendam que, pelo menos a cada 12 meses, um profissional da vidraçaria seja contatado para verificar as condições do material.

Fique atenta :

• A porta não deve correr sozinha. Se você cessa a força, ela deve parar;

• O puxador não deve bater na parte fixa do box. O mecanismo do trilho deve impedir que isso aconteça;

• A porta de correr não deve exigir esforço para ser aberta, nem pesar na mão durante o movimento.

Anúncios

1 comentário Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s