Como escolher um inalador?

Existem muitos fatores que devem ser levados em consideração na hora de escolher seu aparelho seu aparelho de inalação. Além do preço e barulho , o uso de medicação também deve ser considerado – para cada tipo de inalador utiliza-se um tipo de remédio .

Para entender melhor como funcionam esses aparelhos, é importante dizer que o remédio depositado no aparelho é inalado por meio do vapor e vai até os pulmões do paciente. Ao chegar aos órgãos, o medicamento penetra nos seus brônquios. Essa técnica é considerada muito eficiente, porque oferece um resultado rápido para tosse .

Ultrassônico x pneumático

O inalador ultrassônico é o mais moderno e silencioso. Pode ser usado em qualquer posição que o paciente esteja, inclusive deitado. Ele funciona gerando uma névoa através de oscilações , transformando transformando a solução em micro gotículas que são carregadas através de um fluxo contínuo de ar até os pulmões .

Porém, ele apresenta uma grande desvantagem : não se pode utilizar no inalador ultrassônico medicamentos do tipo corticoide ( Clenil ou pulmicort ) . Isto porque as oscilações não conseguem promover a “quebra” em partículas pequenas o suficiente para serem inaladas .

O aparelho pode ser usado sem nenhum problema para inalação de soro fisiológico e broncodilatadores. Os mais conhecidos desta classe de medicamentos são o brometo de ipratrópio (Atrovent), bromidrato de fenoterol (Berotec) e o sulfato de salbutamol (Aerolin).

O inalador de ar comprimido, também chamado de inalador pneumático ou mecânico, foi o primeiro que apareceu no mercado, e durante muito tempo foi a única opção disponível.

Ele costuma fazer barulho e exige que o paciente fique de cabeça erguida durante o uso. Porém, ao contrário do inalador ultrassônico, pode ser usado para soro fisiológico e qualquer tipo de medicamento. 

A orientação é de quando for comprar um inalador , amealhar opção é o modelo convencional . Apesar de barulhento , ele pode ser usado para todas as medicações.

Atenção !

Muitas mães utilizam aparelhos emprestados de parentes ou amigos . Para fazer o uso sem riscos , faça a limpeza de todo material ( máscara e tubulações ) antes do uso .

O perigo se esconde nas gotinhas e no restinho de remédio que ficam nas partes plásticas do aparelho logo depois da inalação. São um prato cheio para o aparecimento de fungos e bactérias. Um risco que pode ser eliminado com uma limpeza simples, bem fácil de fazer.

Lave a máscara com detergente neutro e bucha e coloque todo o circuito do inalador em uma solução contendo 1 litro de água para 1 colher de sopa de água sanitária . Enxágue e deixe secar . Nunca guarde na geladeira – deixe em uma vasilha com tampa no armário .

Fica a dica .

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s