Zinco : aliado nas infecções respiratórias

Os benefícios do zinco despertam cada vez mais o interesse dos especialistas . Conheça os principais poderes do mineral que vão além da melhora da imunidade.

Estudos demonstram que a deficiência de zinco atinge pelo menos 25% da população mundial. Para garantir a quantidade necessária de zinco, é importante manter uma dieta equilibrada. Os produtos animais são fontes importantes de zinco,, mas há outras fontes, como o gérmen de trigo, grãos integrais, aveia, castanhas, nozes, amêndoas, queijo, leite e feijão.

Tornou-se tão essencial que é difícil encontrar um polivitaminico infantil ou uma medicação para melhora da imunidade sem ele.

Benefícios do zinco

Melhora a imunidade

O efeito da suplementação de zinco sobre o sistema imunológico apresenta bons resultados em crianças, aumentando o controle de diarréias e infecções respiratórias, bem como favorecendo uma rápida recuperação das funções do sistema imune em casos de pneumonia .

Atua no crescimento

Em um estudo publicado por uma universidade brasileira , crianças que com baixa velocidade de crescimento obteram benefícios com a suplementação do nutriente .

Os trabalhos apontam para os benefícios sobre o crescimento em diferentes estágios de vida. Um aumento na velocidade de crescimento foi observado em pré-adolescentes e adolescentes com baixa estatura, independente do sexo e o mesmo foi observado em bebês com queda de percentil .

Diabéticos também têm indicação

Em pacientes com diabetes evidencia-se o risco aumentado para a deficiência de zinco, atribuído, às perdas do mineral na urina, diminuição na capacidade intestinal de absorção de zinco e baixa ingestão dietética. Pelo fato destes pacientes constituírem população de risco para desenvolver a deficiência de zinco, os estudos apontam a necessidade de suplementação deste mineral.

Estudos em animais indicam que o zinco poderia atuar no controle glicêmico e na prevenção do diabetes em pessoas suscetíveis ( obesos , por exemplo).

Qual a quantidade de zinco que eu devo consumir por dia?

De 0 a 6 meses: 2 mg;

De 7 a 12 meses: 3 mg;

De 1 a 3 anos: 3 mg;

De 4 a 8 anos: 5 mg;

De 9 a 13 anos: 8 mg;

De 14 a 18 anos: 11 mg para homens e 9 mg para mulheres.

Uma grande variedade de alimentos contém zinco. As ostras por exemplo, contêm mais zinco por porção do que qualquer outro alimento, mas a carne vermelha e o frango fornecem a maior parte do zinco na dieta. Outras boas fontes alimentares incluem feijão, nozes, certos tipos de frutos do mar (como caranguejo e lagosta), grãos integrais, cereais matinais fortificados e laticínios.

• carne vermelha : um bife médio com cerca de 100 g fornece de 4,3 a 6,8 mg da substância.

• feijão : ½ xícara de feijão oferece de 0,9 a 2,9 mg do nutriente.

• frango : 100 g de carne de frango, preferencialmente refogado, fornece entre 1,9 mg e 3,2 mg de zinco.

• iogurte : 200 ml de iogurte de frutas com teor zero de gorduras vem com 1,5 mg de zinco.

Além da alimentação , a suplementação pode ser feita por via oral , na forma de xaropes ou sachê.

Fica a dica !

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s