Suplemento alimentar : você usa?

Saber se a criança está consumindo ou não todos os nutrientes necessários é uma grande preocupação na vida das mães .É por isso que a escolha pelos alimentos que compõem a refeição da criança pode ser uma tarefa muito difícil, especialmente se ela for seletiva para alguns tipos de carnes, legumes e verduras.  

Por esta razão, muitas vezes há a necessidade de introduzir um suplemento nutricional na rotina desta criança, um produto que irá oferecer nutrientes importantes e que a criança não consome pois não come tudo o que deveria.

O conceito de suplemento nutricional abrange os produtos que apresentam nutrientes em quantidades balanceadas e que irão complementar a alimentação.

Foi se o tempo no qual os suplementos nutricionais eram somente elementos proteicos e energéticos, para recuperar o estado nutricional. Acrescidos de vitaminas e minerais, eram indicados para a criança que não come bem, para ganhar peso ou para a recuperação das que tiveram uma doença. Atualmente , os suplementos melhoram a imunidade e até o rendimento escolar das crianças .

Mas não podemos esquecer que há diferenças muito grandes entre os produtos que estão à nossa disposição nos supermercados e farmácias. A maior parte dos produtos são compostos com açúcar e um pool de vitaminas nem sempre tão importantes à saúde .

Pensando em agir preventivamente , para melhora da imunidade e da saúde , vou dar alguns exemplos de suplementos que vão muito além das vitaminas :

1) Betaglucana

Substância presente em vários alimentos , possui vários estudos que comprovam a redução de até 25% dos quadros gripais em pacientes saudáveis , além de reduzir o risco de infecções pós operatórias e encurtar o tempo de infecções. Vendida em farmácias como suplemento alimentar , não precisa de prescrição médica .

Nome comercial : Puravit imune , Becan

2) Zinco

O zinco presente nas carnes vermelhas , tem um papel crítico na imunidade. Ele funciona como um modulador da resposta imune. A suplementação com zinco pode restaurar ou mesmo melhorar a função imune e tem sido utilizada como tratamento terapêutico, principalmente nos casos de distúrbios crônicos gastrointestinais ( diarréias) , doenças renais e predisposições genéticas, como a anemia falciforme.

Nome comercial : Liromag

3) Probióticos

Os lactobacilos são bactérias que vivem no nosso intestino , atuando na defesa , na produção de substância e na absorção de vitaminas . São os chamados probióticos .

Existem diversos estudos que comprovam a eficácia dos probióticos na regulação do sistema imunológico , reduzindo o número de infecções respiratórias.

Nome comercial : qualquer iogurte , leite fermentado e kefir.

4) Ômega 3

Nosso organismo não pode produzir ômega 3 por conta própria e, por isso, precisamos adicioná-lo à nossa dieta.Entre os alimentos ricos em ômega 3 estão: peixes selvagens como salmão, anchovas, atum, sardinha e cavala e também nozes e sementes como chia e linhaça.

Existem muitos estudos demonstrando a melhora da função cognitiva em crianças que ingerem ômega 3 . Baseado nestas análises , especialistas tem verificado também bons resultados para crianças com TDHA.

Nome comercial : Ommax , Deaten

Fica a dica .

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s