Por que a Vitamina D é mais importante do que a C?

Muitas mães iniciam a suplementação de vitamina C para prevenir gripes e resfriados nas crianças . Mas o que elas não sabem é que esse tratamento não tem comprovação científica e que existem vitaminas muito mais importantes , como é o caso da vitamina D.

Sua atuação vai além da função de promover a a absorção do cálcio e ação no metabolismo dos ossos. Um artigo da Universidade de Brasília aponta que a vitamina D participa da regulação do genoma humano, desempenhando um importante papel na atividade de sistemas como o imunológico, o cardiovascular e o metabólico.

Surgiram tantas novas atuações que há quem acredite que a vitamina D seja mais do que uma vitamina, mas um hormônio.

Ela é fornecida, em quantidades mínimas, pelos peixes, entre eles, sardinha e atum, além de leite e derivados. Mas a dieta não é capaz de suprir nem 10% das necessidades diárias infantis. Os banhos de sol deveriam assegurar a maior parte da produção, já que os raios solares incidem sobre a pele, promovendo a conversão de substâncias presentes ali na vitamina D propriamente dita. Quinze minutos de exposição, com braços e pernas descobertos, são suficientes.

Entretanto, existem dois obstáculos: o melhor horário para sintetizar a substância (entre 10 da manhã e 3 horas da tarde) período crítico para a ocorrência do câncer de pele e o uso de protetor solar , que reduz a produção da vitamina D.Além disso, quanto mais escura for a pele, menor é a produção do nutriente.

Por isso , a Sociedade Brasileira de Pediatria preconiza, além das brincadeiras ao ar livre ,a suplementação de 400 UI diárias para bebês de até 12 meses, e de 600 UI, para crianças de 12 a 24 meses. A recomendação serve para os bebês em aleitamento materno e artificial .

E as crianças maiores ?

Infelizmente, cerca de 80% das pessoas que vivem em um ambiente urbano, são carentes em vitamina D. Isto porque as crianças passam grandes períodos de tempo em locais fechados e não se expõem ao sol.

Por isso , pediatras têm incluído nos exames de rotina , a dosagem da vitamina D e com frequência , a sua deficiência está ligada à problemas de infecções respiratórias de repetição , como gripes e resfriados .

Benefícios da vitamina D

Ossos mais fortes

A vitamina D é necessária para a absorção do cálcio pelos ossos. Pessoas com deficiência de vitamina D chegam a aproveitar 30% menos de cálcio proveniente da dieta. O cálcio é responsável por fortalecer ossos e dentes. A deficiência deste nutriente pode causar o raquitismo na infância e a osteoporose na vida adulta.

Menos infecções respiratórias

Recém-nascidos com baixos níveis de vitamina D têm seis vezes mais chances de ter infecção no pulmão, porque , segundo os cientistas, a vitamina D protege o sistema respiratório dos bebês.

Uma pesquisa japonesa, que contou com a participação de 340 crianças , observou que os riscos de contrair gripe diminuiu no grupo que ingeriu o suplemento de vitamina D , demonstrando que o efeito protetivo da vitamina D em bebês , se estende também a crianças maiores .

Fica a dica

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s