Quanto meu filho precisa comer?

Uma das maiores queixas das mães que atendo é em relação a quantidade de comida que seus filhos comem . O medo do “não ganho de peso” ainda é bem maior do que o excesso de peso .Normalmente, as mães se preocupam com a falta de apetite e nunca com o excesso e por isso, fica mais complicado perceber que o filho está acima do peso e que algo precisa ser feito.

Se desprenda da quantidade de comida e se preocupe mais com o que vai oferecer nas refeições de seus filhos. Neste post, vamos descobrir quanto a criança tem que comer em cada refeição.

Como saber se é suficiente?

A quantia dos alimentos, são as crianças que determinam. Seu filho está se desenvolvendo bem? É ativo, brinca, foi na consulta do pediatra e cresceu, ganhou peso? Então a quantidade que ele come está sendo o suficiente para ele !

Existem bebês e crianças “magrinhos” que são super saudáveis e estão dentro da normalidade das curvas de crescimento.

O tamanho do estômago de uma criança de 1 a 4 anos de idade, corresponde ao punho de sua mão, sendo esta a razão pela qual sua mãozinha é a nossa referência perfeita para calcular as porções adequadas de alimentos.

Porções recompradas por grupos de alimentos :

• pão, massas, cereais e tubérculos : 1 punho da mão do nosso filho, que corresponde a uma porção de cereais, tubérculos, quinoa, arroz, trigo ou massas.

Uma fatia de pão ou 2 biscoitos são equivalentes a uma porção. Selecione um alimento deste grupo para servir em cada uma das refeições do seu filho.

• frutas e legumes : uma ou duas porções de frutas e legumes em cada uma de suas refeições, o ideal seria uma porção de frutas e outra de vegetais.

A porção deste grupo de alimentos não deve ser maior do que as suas mãos estendidas. Você também pode levar em consideração estas referências: uma maçã ou uma pera, meia xícara de hortaliças ou uma xícara de legumes correspondem a uma porção.

• leite, queijo e iogurte : uma porção desses alimentos no máximo 3 vezes por dia. Por isso atenção : ingerir muito leite não é sinônimo de saúde .

• carne, peixe, ovos, nozes e leguminosas: devem estar presentes 2 vezes por dia. Tenha em mente que um ovo, meia xícara de legumes cozidos equivalem à uma porção.

E a quantidade de carne ? O tamanho da palma da mão da criança equivale a 1 porção .

E o que não precisa , mas ele come : doces ( incluindo achocolatados e sobremesas lácteas ) , bolos, salgadinhos e bolachas devem ser fornecidos em ocasiões especiais, em quantidades reduzidas e com muita moderação.

Mas ele come tão pouquinho…

Pra criança comer, ela precisa sentir fome. Se você dá comida, petiscos ou frutas toda hora, quando chega o horário das grandes refeições (almoço e jantar), eles vão comer pouco.

Preste atenção se não está ocorrendo troca de refeições, o leite ( mamadeira ou peito) pela comidinha / papinha salgada.

Exemplo de cardápio

Quando você coloca essa variedade toda em um prato, o prato fica cheio, bonito e nutritivo. Caso seu filho não coma o prato inteiro todos os dias, não se preocupe e respeite a saciedade dele.

Saiba que muitas crianças comem menos que isso e são saudáveis, super saudáveis. Eu particularmente prefiro me preocupar com a variedade dos alimentos e com as refeições principais (almoço e jantar).

 Fica a dica .

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s