Seu filho é superdotado?

O conceito de superdotado na década de 80 servia de legenda para a imagem do garoto franzino, craque em complicadas questões de Química, Matemática ou Física. Hoje se sabe que nem todo superdotado tem o perfil de primeiro da classe.

Além das pessoas com inteligência acima da média, superdotados também são aqueles com capacidade excepcional para realizar tarefas, além das clássicas equações de matemática .

Mas atenção : a criança que aprende a ler , andar ou falar mais rápido não necessariamente é superdotada .

Você sabia que nascem três superdotados em cada cem pessoas, independentemente de raça, sexo ou classe social ?

Isso significa que, dos cerca de 4 milhões de brasileiros que devem nascer este ano, 120 mil merecem estar nessa categoria .Em geral, eles desenvolvem espontaneamente o seu talento – daí fenômenos como os de crianças que até aprendem a ler sozinhas.

É algo muito mais comum do que as pessoas imaginam : as estimativas mais conservadoras giram entre 2% a 5%. Isso quer dizer que praticamente toda sala de aula tem alguém com esse perfil.

Vale ressaltar que a superdotação não está relacionada a grupos raciais específicos ou ao nível socioeconômico. No entanto, o estímulo ambiental adequado faz toda diferença para que esse potencial, herdado geneticamente, se desenvolva plenamente.

Os superdotados têm raciocínio e aprendizagem rápidos, são curiosos, pesquisadores natos. Na infância, tendem a querer conviver mais com os adultos e podem ter problemas de interação social. Muitos apresentam baixo desempenho escolar por acharem as aulas desestimulantes e sem nenhum desafio.

Como saber se meu filho é superdotado?

A maioria dos pais percebe as altas habilidades antes que a criança complete cinco anos. O ideal é procurar um psicólogo experiente no assunto, que poderá fazer testes psicométricos e uma avaliação neuropsicológica para identificar se as potencialidades estão realmente acima da média de outras crianças. O profissional deve fazer, também, escalas de características, questionários, observação do comportamento, sondagens do rendimento e desempenho escolar, entrevistas com familiares e professores.

O MEC divulgou uma lista de características de crianças superdotadas , vamos ver?

As crianças com Altas Habilidades não devem apresentar, necessariamente, todas as características abaixo.

(Dados extraídos de MEC 2007 – Quadro 5 – p.44)

1 – Aprende fácil e rapidamente.

2 – É original, imaginativo, criativo, não convencional.

3 – Está sempre bem informado, inclusive em áreas não comuns.

4 – Pensa de forma incomum para resolver problemas.

5  – É persistente, independente, auto-direcionado (faz coisa sem que seja mandado).

6 – Persuasivo, é capaz de influenciar os outros.

7 –  Mostra senso comum e pode não tolerar tolices.

8 –  Inquisitivo e cético, está sempre curioso sobre o como e o porquê das coisas.

9 – Adapta-se com bastante rapidez a novas situações e a novos ambientes.

10 – É esperto ao fazer coisas com materiais comuns.

11 – Tem muitas habilidades nas artes (música, dança, desenho etc.).

12 –  Entende a importância da natureza (tempo, Lua, Sol, estrelas, solo etc.).

13  – Tem vocabulário excepcional, é verbalmente fluente.

14 –  Aprende facilmente novas línguas.

15 – Trabalhador independente.

16 – Tem bom julgamento, é lógico.

17  – É flexível e aberto.

18 –  Versátil, tem múltiplos interesses, alguns deles acima da idade cronológica.

19 – Mostra sacadas e percepções incomuns.

20 – Demonstra alto nível de sensibilidade e empatia com os outros.

21 – Apresenta excelente senso de humor.

22  – Resiste à rotina e à repetição.

23  – Expressa idéias e reações, freqüentemente de forma argumentativa.

24 – É sensível à verdade e à honra.

Acima de 6 características existe uma grande probalidade da criança apresentar altas habilidades e deverá ser avaliada pelo professor e um psicólogo , que aplicará vários testes , não somente o teste de Quociente de Inteligência ( Q.I.).

Para lidar com uma criança superdotada em casa, os pais devem aceitar falhas e ajudar a criança a enfrentar dificuldades de qualquer ordem. Isso significa evitar a supervalorização e as expectativas quanto ao desempenho da criança, pois ela, normalmente, já é muito perfeccionista .

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s