Musculação auxilia na redução de colesterol

Não é mais novidade seu filho chegar em casa pedindo para entrar na academia , com o sonho de tornar o corpo esguio em um corpo sarado. Afinal, a musculação pode ser feita na adolescência? Ela atrapalha o crescimento?

Até pouco tempo atrás, os especialistas seriam unânimes em proibir a musculação durante a puberdade. Mas a musculação pode sim ser feita na adolescência, desde que bem supervisionada.

Alguns dos benefícios da musculação são o desenvolvimento corporal e o equilíbrio, a concentração, o fortalecimento da força óssea, a redução no risco de lesões, o controle do peso, o crescimento da espessura dos ossos, aumento da força muscular, redução do colesterol e flexibilidade.

Além disso, é uma maneira de estimular a interação social e de aumentar a autoestima.

Quais exercícios são mais apropriados ?

O indicado é pelo menos de 20 a 30 minutos de exercício, pelo menos 2 a 3 vezes por semana. Os treinos devem incluir todos os grupos musculares, exercícios para o “core” (abdômen, lombar, glúteos e músculos oblíquos) e devem ser feitos utilizando todo o arco de movimento.

Crianças devem treinar sem peso inicialmente, seguido de carga baixa. Já os adolescentes devem começar com uma carga baixa até que dominem a técnica do movimento de cada exercício.

Quando de 8 a 15 repetições são realizadas sem dificuldade, pode-se aumentar a carga em 10%. Um aumento no número de repetições também pode ser utilizado visando aumentar a resistência muscular para prevenção de lesão em esportes com movimentos repetitivos.

Ele pode ir na academia ?

Somente sob supervisão , pois há um maior risco de lesão e estiramento muscular em crianças e adolescentes que praticam exercícios em aparelhos .

Lembre-se de que aparelhos de academia foram feitos para adultos e devem ser adequadamente adaptados .

Treinos com levantamento de uma carga alta ou com movimentos rápidos também não são recomendados, pois é difícil avaliar e manter o movimento correto, e a sobrecarga na musculatura e na articulação podem ser maiores.

Meu filho pode ficar mais baixinho ?

Para aqueles que iniciam atividades por conta própria , geralmente com peso maior do que o adequado para a idade , podem evoluir com redução da velocidade de crescimento . Há microfratura da placa epifisaria ( placas de crescimento ) , acelerando o fechamento mais precoce , reduzindo a altura final.

O stress por sobrecarga de exercícios e a redução da produção de hormônio de crescimento são causas frequentes de baixa estatura em quem pratica musculação.

Fica a dica .

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s