Problemas de visão em crianças : como notar ?

A visão é um sentido importante para o desenvolvimento físico e cognitivo da criança. Gestos e condutas são apreendidos quando ela observa as pessoas ao seu redor.  Pensando nisso, os pais devem ficar atentos ao comportamento de seus filhos, pois um prejuízo no desenvolvimento visual pode ter consequências negativas para o resto da vida.

Bebê enxerga?

Sim! Ao nascimento, os bebês têm toda a estrutura da visão formada, mas ainda precisarão de tempo para aprender a usar os olhos. Eles nascem com pouca acuidade visual e só conseguem enxergar pessoas e objetos que estejam entre 20 e 30 centímetros de distância.

Manter o foco também é um problema, já que eles ainda não controlam a movimentação dos olhos, o que faz com que fiquem vesguinhos com frequência.

Mas o desenvolvimento da visão é rápido e gradual e em oito meses os olhos dos bebês já são capazes de ver quase tão bem quanto um adulto .

O que faz suspeitar que a criança pode não enxergar?

Preste atenção se o pequeno apresenta desinteresse por leitura ou é muito disperso, se ele se aproxima muito dos livros, da lousa ou da televisão para enxergar melhor e se costuma apertar os olhos para ver com nitidez.

Dificuldades de aprendizado na escola podem ter uma causa visual , por isso ela deve ser avaliada e afastada.

O erro refrativo, que compromete a capacidade visual, está presente em 8% das crianças menores de 4 anos e em 22% das crianças com até 9 anos. Quando os problemas de visão de alto grau não são corrigidos, o mundo da criança é limitado, seu rendimento escolar prejudicado e, muitas vezes, surgem queixas de dor de cabeça e dispersão.

Cabe observar também se os olhos da criança estão constantemente vermelhos ou se ela reclama de dor de cabeça com frequência . Isso pode sugerir a existência de um grupo de doenças como conjuntivite, uveíte e neurite óptica, o que exige tratamento imediato.

Quando levar ao oftalmologista?

Não existe um consenso de quando a criança deve ser avaliada preventivamente quanto à saúde ocular. Por isso converse com o seu pediatra . Isso ajuda a detectar precocemente erros refrativos, estrabismo e doenças oculares capazes de prejudicar o desenvolvimento visual da criança.

O exame no consultório é objetivo e as crianças não precisam necessariamente falar para serem avaliadas. Para cada idade, existem tabelas apropriadas.

Um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s