A criança que morde : o que fazer?

Sim, eu sei , também já passei por isso. Meu primeiro filho vivia sendo mordido por um coleguinha da escola e isso é muito chato. Na verdade dá muita raiva .

Para minha surpresa , minha segunda filha virou uma ” mordedora” e eu vi que isso é realmente muito , muito pior . Eu não sabia muito como agir e me sentia muito envergonhada .É desagradável saber pela professora que seu filho atacou mais um colega ou constatar marcas de dentinhos no braço do primo, não é mesmo?

Mas porque isso acontece ?

Até por volta dos três anos de idade as mordidas são normais entre as crianças. Devido a dificuldade em expressar seus desejos através da palavra, as agressões físicas como os empurrões, puxões de cabelo e as famosas mordidas são o recurso mais rápido para responder a um desejo contrariado.

Nesta fase a criança é egocêntrica e acredita que o mundo funciona e existe em função dela. A intenção da criança ao morder é obter o mais rápido possível aquele objeto de desejo, já que não consegue verbalizar .

O objetivo da criança é ter seu desejo atendido, não de fazer o outro sofrer. Não há maldade , mas um dificuldade de comunicação e baixa tolerância à frustração.

Dá para fazer alguma coisa ?

A relação social é um aprendizado. As crianças não nascem sabendo a boa convivência com o outro, muito menos o efeito que suas ações tem. Por isso, quando usa a mordida para conquistar o brinquedo ou a atenção é preciso de forma bastante firme, mostrar-lhe as conseqüências de sua ação, mostrando que não é certo morder, pois machuca o outro.

Aos poucos, a medida que a linguagem for sendo desenvolvida e as construções sociais adquiridas, as mordidas vão sendo substituídas . Desta forma, o melhor é conversar com a criança e não excluí-la do grupo , ensinando a canalizar a raiva de outra forma .

A situação só é preocupante quando acontece com muita frequência, várias vezes ao dia. Este comportamento demonstra agressividade e indica que pode estar acontecendo alguma coisa na família ou no desenvolvimento da criança. Nesses casos, o caminho é consultar um psicólogo.

Super dicas

• Quando você presenciar seu filho mordendo, afaste-o da situação e demonstre que aquilo não é aceitável. É preciso chamar a atenção para que não se torne um hábito.

• Nunca ria ou demonstre que achou graça da mordida.

• Explique o motivo de não poder morder e não morda de volta.O adulto deve mostrar à criança que a linguagem é a forma certa de se obter as coisas.

• Antes de tudo, relaxe e compreenda que hoje seu filho foi mordido, mas talvez amanhã   ele venha a morder alguém. As crianças pequenas são imprevisíveis e isso faz parte da idade.

• Seu filho provavelmente seguirá os instintos para se defender na convivência em grupo na escolinha. Mas, caso isso não aconteça e você note que ele sempre é alvo das mordidas, ensine-o a se defender e se impor. Não de forma violenta, incentivando que ele também morda ou bata no colega, mas sim orientando que ele conte à professora, ou que fique longe da criança que sempre o morde.

• Pais que mordem ensinam seus filhos a ter o mesmo comportamento . Não é uma regra , ou seja , nem todo mordedor já foi mordido.

Mesmo com esses cuidados, casos de mordidas sistemáticas podem se dar e demandam uma atenção redobrada dos educadores. Em vez de recriminar os pequenos, a professora deve passar a sentar mais próxima e ficar de olho para evitar novos episódios. Evitar colocar a criança de castigo e se manter por perto.

Assim , quem antes ia morder para obter o brinquedo percebe a presença do adulto observando e intervindo. Com isso, reduz-se a probabilidade de um novo incidente.

Gostou ? Então da uma olhadinha no site http://www.drafernandapediatra.com 😃 . Tem um montão de post sobre maternidade e saúde infantil !

Agendamento http://bit.ly/agendardrafernanda

3 comentários

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s