Salmonella pode ser transmitida por leite não pasteurizado

Salmonella (Salmonellose) é uma bactéria que causa intoxicação alimentar e em casos raros, pode provocar infecções graves e até mesmo a morte.

Os principais sinais e sintomas da infecção por Salmonella são: diarreia, vômitos , febre e dor abdominal . Esses sintomas podem surgir entre 6 até 72 horas após o consumo do alimento contaminado e costumam permanecer por cerca de 2 a 7 dias, até a completa recuperação do paciente.

O contato com alguns animais infectados (incluindo animais de estimação) também pode transmitir a doença, se logo depois as mãos não forem lavadas. Os sintomas também variam de intensidade de acordo com a quantidade de alimento contaminado ingerido e o nível de contaminação do alimento.

Não pega somente do ovo!

A Salmonella está dispersa no meio ambiente e pode ser ingerida por meio de alimentos contaminados com fezes de animais, o que acontece, por exemplo, ao se comer carnes e ovos crus ou mal passados ou quando não se lava as mãos antes de cozinhar ou manipular alimentos. Também pode ser transmitida pelo contato com água contaminada.

A bactéria é encontrada normalmente em animais como galinhas, porcos, répteis, anfíbios, vacas e até mesmo em animais domésticos, como cachorros e gatos. Dessa forma, qualquer alimento que venha desses animais ou que tenha entrado em contato com suas fezes, mesmo que pelas partículas do ar, são consideradas vias de transmissão da Salmonella.

Leite não pasteurizado a queijo fresco transmitem a doença

Embora a bactéria esteja associada a produtos de origem animal, alimentos frescos, quando contaminados, também transmitem a doença. Alguns exemplos de alimentos que têm sido associados a surtos de salmonelose incluem carnes, aves, ovos, leite não pasteurizado e queijos caseiros , peixe cru molhos de salada preparados com ovos não pasteurizados e sobremesas que contêm ovo cru.

Recomendações

• Lave as mãos com frequência, especialmente antes das refeições e do preparo das mesmas;
Evite consumir alimentos à base de carne crua ou mal passada;
•Redobre a atenção com o preparo e cozimento da carne de frango ;

Lavar o frango antes do cozimento aumenta o risco de propagação da bactéria nas mãos, nas superfícies e utensílios de cozinha e até na roupa, pelas gotas de água que se espalham.


• Tenha cuidado com os ovos, que devem ser bem cozidos. Lembre-se de que pratos como a maionese feita em casa, por exemplo, incluem a adição de ovos crus como ingrediente e são grandes transmissores de salmonelose;

Logo depois da compra é importante guardar o ovo sem lavar. Quando você lava acaba tirando uma película protetora do ovo, na geladeira ele pode se contaminar com microorganismos.


Beba só leite pasteurizado ( não tome leite direto da fazenda ) ;
• Lave bem verduras, legumes e frutas. Deixe-os mergulhados em água com hipoclorito de sódio ou uma colher de chá de água sanitária;
• Lave bem os utensílios de cozinha, especialmente quando usados na preparação de carnes cruas;
• Mantenha ovos sob refrigeração. Nunca lave antes de colocá-los na geladeira .

Fica a dica .

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s