Palmada educa ou deseduca ?

Para alguns, a palmada é uma correção, uma forma do pai ou mãe educar e mostrar que a criança está fazendo algo errado. Para outros é uma maneira pré-histórica de ensinar e tudo que conseguem é ensinar a violência para o pequeno em formação. A polêmica se divide em opiniões que vão daqueles que são totalmente contra qualquer tipo de agressão física até aqueles que são a favor da correção com um tapa no bumbum , puxão de orelha ou até uma “cintada”.

Alguns pais utilizam do argumento de terem sido criados a base de palmadas e seriam muito gratos pela educação. Por isso querem passar o mesmo ensinamento para seus filhos. Já outros optaram por mudar os seus métodos justamente por não aceitarem a forma que foram corrigidos e punidos na infância.

Existe uma forma correta de educar?

Por mais que você acredite que a palmada seja o método mais eficaz de educar o seu filho , saiba que os tempos mudaram. A preferência de resolver este tipo de situação é através da conversa . Dar um tom mais firme e sinalizar à criança que tem alguma coisa errada.

O diálogo é importante para mostrar certo e errado e também exemplificar situações. Na maioria das vezes, esse processo é mais eficaz do que a agressão física .

Mas e quando isso não funciona ou as crianças são muitos pequenas ? Especialistas aconselham neste caso , o método do “cantinho da disciplina”, onde a criança deve ser colocada em um espaço reservado para que pense no que fez de errado.

Mas eu apanhei e não morri

Antes de criticar o texto , gostaria de lembrá-lo de que , quando você resolve bater no seu filho, o sentimento no momento será somente um : raiva . Descontar toda essa fúria na forma de agressão física nem sempre resolve , reflita : você só precisou bater somente uma vez ?

A criança que apanha geralmente pensa que, como já apanhou, está livre para “aprontar” de novo e é muito comum a agressão física ser cada vez mais intensa e é aí que mora o perigo .

Pais que educam com palmada se sentem melhores depois do castigo ? Com certeza . Se isso resolve ? Parece que não. Mas a sensação é tão boa , “de que algo foi feito e resolvido” , mas infelizmente as palmadas nunca se restringem a um único episódio .

Veja , cada familia decidirá o que é melhor . Nenhum especialista irá determinar qual a melhor fórmula para educar os seus filhos , até mesmo porque não há . Mas os pais deveriam ao menos refletir se suas ações estão sendo ou não produtivas e deixar de manter o velho ditado de que “ apanhei e não morri”.

Fica dica .

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s