Volta às aulas ?

Recebo tantas perguntas sobre a volta às aulas ! E você , também não está super preocupada com tudo isso ? Afinal , as crianças são o nosso bem mais precioso e pensar em arriscar a vidinha delas com essa doença dá arrepios .

Se você fizer uma pesquisa rápida na internet , verá que existe pouca notícia sobre o assunto . Muito alarde sobre novos surtos e tal , mas pouca notícia sobre o que realmente interessa para nós , mães : é seguro enviar meu filho para escola ?

Afinal , não dá para comparar uma escola brasileira com a do Japão ou da Alemanha . Aliás , nem dá para comparar uma escola nos diferentes estados brasileiros ou públicas e particulares .

Então , o que fazer ?

A primeira pergunta na cabeça dos pais é: meu filho pode pegar covid-19 na escola?

Uma das mais recentes pesquisas sobre o tema foi publicada esta semana na revista científica The Lancet Child & Adolescent Health. E ela sugere que escolas podem reabrir onde houver outras formas de se controlar a pandemia, como distanciamento social.

No estudo verificou-se que as escolas não foram grande foco de infecção de coronavírus e o risco de infecção entre as crianças foi considerado pequeno.

Os autores do estudo foram explícitos nas suas conclusões: “nossas descobertas fornecem evidências de que a transmissão de Sars-CoV-2 em ambientes educacionais pode ser mantida em baixo nível no contexto de uma resposta eficaz à epidemia”. Ou seja , locais com medidas rigorosas de higienização e de controle de novos casos , as escola podem reabrir .

E no Brasil ?

Veja o documento em maio deste ano emitido pela nossa Sociedade de Pediatria sobre o assunto :

…”Se por um lado existe a preocupação em relação ao adoecimento dos filhos e, como consequência, de outros membros da família, por outro lado, há o prejuízo da aprendizagem e sociabilização. Crianças, mesmo assintomáticas, podem ser transmissoras da doença. Tossem, espirram, compartilham brinquedos e alimentos sem maiores cuidados”…


…” Sabemos que a doença é transmitida por meio de contato direto com gotículas respiratórias de uma pessoa infectada (fala, tosse e espirros) e ao se tocar na face (olhos, nariz e boca) após contato com superfícies contaminadas”…

… “é nosso entendimento que a volta às aulas deva ser gradual, de forma cautelosa, incluindo todas as precauções possíveis para minimizar a disseminação da infecção pelo SARS-CoV-2 nas escolas”…

Segue o link do documento completo : https://www.sbp.com.br/fileadmin/user_upload/22516b-NA_-_COVID-19_e_a_Volta_as_Aulas.pdf

Mas e aí ? Mando ou não meu filho para escola ?

A resposta é depende . Porque existe uma grande gama de fatores , como por exemplo , se a sua cidade está com os índices de novos casos estabilizado ou não. Depende do tamanho da sua escola e se ela possui ou não recursos para controle e higienização e da idade do seu filho.

Uma regra é clara : crianças com cardiopatias congênitas ou imunodepressão não devem voltar a escola este ano . Já os asmáticos e diabéticos devem questionar ao seu pediatra a decisão , pois irá variar caso a caso .

Quais os cuidados de segurança que devo observar na escola ?

– Orientar a higienização das mãos frequentemente, especialmente antes e após as refeições e a ida ao banheiro;
– Levar álcool em gel e ensinar seu filho a usá-lo corretamente;

Orientar para o uso de lenços descartáveis ou do antebraço (cotovelo dobrado) ao tossir ou espirra;

– Levar a sua própria garrafa de água, utilizando os bebedouros comuns apenas para enche-las ;
– Usar máscaras e trocá-las a cada duas a quatro horas, ou antes, se estiverem sujas, úmidas ou rasgadas.

E o mais importante é que cada escola adote políticas de educação para prevenção de infecções que envolvam alunos, pais, professores e funcionários. Os pais devem ser orientados a não levarem seus filhos à escola ao menor indício de quadro infeccioso, seja febre, manifestações respiratórias, diarreia, entre outras. Cada família deve entender a ter respeito ao próximo e deixar a criança em casa , mesmo sem diagnóstico estabelecido .

E é exatamente aí que eu gostaria de deixar a minha opinião pessoal . Não tenho medo da escola ou da higienização. Tenho medo dos pais dos outros alunos . Como pediatra , vejo tanto desrespeito aos demais, tantas situações extremamente bizarras , que eu gostaria de te contar .

Como no caso do pai que leva a filha ao meu consultório , com suspeita de Covid ( a mãe testou positiva e a criança possuía sintomas ) e se recusou a usar a máscara durante o atendimento , mesmo após solicitado .

Ou a enfermeira atendida na UBS com contato familiar positivo para a doença que se recusou a se afastar do serviço , porque “ não apresentava sintomas” e sabia dos riscos de transmissão a que submeteu todos os pacientes que atendia .

E tantos outros casos de crianças tossindo e espirrando , ou até mesmo com febre na porta da escola … por isso , a minha pergunta é: será que nós , pais e mães , estamos preparados a respeitar o próximo ?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s