Devemos introduzir ovo , peixe e outros alimentos aos 6 meses ?


A introdução alimentar é um tema intenso e quando pensamos em introduzir os alimentos, pensamos também no risco de desenvolver algum tipo de alergia. Essa é uma dúvida do mundo todo e muitos estudos tem sido feitos no sentido de encontrar o momento oportuno para cada alimento, principalmente os 8 alimentos considerados mais alergênicos no mundo: leite de vaca , ovo, trigo, soja, castanhas, peixe, amendoim e frutos do mar.

E assim como pipocam na Internet orientações super restritivas como “não ofereça leite de vaca” , “leite fermentando tem açúcar”, “corante faz a mal a saúde” , graças a Deus vejo cada vez mais posts circularem sobre a janela imunológica e a necessidade de se oferecer alimentos alergênicos antes do primeiro ano de vida .

A Academia Americana de Pediatria e a Academia Europeia de Alergia e Imunologia orientam a introdução de alimentos altamente alergênicos não devem ser postergados para além dos 6 meses, devendo ser oferecidos oportunamente. Mas atenção: crianças com alto risco para doença alérgica devem consultar um pediatra ANTES de iniciar a introdução alimentar.

Cozido ( com a gema bem durinha ) ou na forma de omelete podem ser oferecidos a partir do sexto mês

A partir da mudança da Academia Americana, a SBP (Sociedade Brasileira de Pediatria) também fez algumas modificações nas suas recomendações : ovos , peixes e até carne de porco podem ser introduzidos a partir do sexto mês.

E O LEITE DE VACA E SEUS DERIVADOS ?

No Brasil, o leite de vaca é a principal alternativa para as mães que não podem amamentar seus filhos. Esta é a realidade principalmente de populações com um poder econômico reduzido, devido ao menor custo desse produto em relação às fórmulas infantis.

Já há alguns anos tem sido descrito por diversos profissionais da área que o consumo de leite de vaca por crianças menores de 1 ano está associado ao aparecimento da anemia ferropriva (anemia por deficiência de ferro). Além do baixo teor, o ferro do leite de vaca não é bem absorvido pelo organismo de lactente.

Leite de vaca antes do primeiro ano de vida aumenta a incidência de alergia

O bebê possui o sistema digestivo imaturo e por isso o consumo de leite de vaca por crianças antes do primeiro ano de vida tem sido relacionado a uma predisposição ao aparecimento da alergia a proteína do leite de vaca. Além disso, a exposição precoce da criança ao leite aumenta o risco não somente de reações adversas a este leite, como também de alergias a outros alimentos.

Outro risco associado a sua ingestão é o de desenvolver uma sobrecarga renal. Apesar das funções metabólicas e excretoras do lactente normal acima de 6 meses de idade estarem mais maduras e, na maioria das vezes, suportarem bem essa sobrecarga, a margem de segurança continua sendo maior quando o alimento é o leite materno ou algum fórmula modificada.
Existe ainda o risco de deficiência de cobre, zinco, vitamina A, C, E e ácido fólico e gorduras essenciais (ômega 3 e ômega 6).

Portanto, com todas as evidências, não é recomendada a utilização do leite de vaca integral na alimentação da criança durante o primeiro na de vida.

E OS DERIVADOS COMO DANONINHO , LEITE FERMENTADO E IOGURTE?

Os produtos lácteos industrializados como petit suisse, iogurtes e bebidas lácteas possuem concentrações elevadas de açúcares, assim como corantes e aditivos químicos adicionados. O que vai contra a uma alimentação saudável na infância e principalmente na introdução dos alimentos a partir dos seis meses de idade, onde a base desta alimentação deve ser de alimentos naturais ou in natura, sendo frutas, vegetais, cereais e carnes magras, além é claro do aleitamento materno até os dois anos de vida, e orienta-se a não adição de açúcares nas preparações.

Mas , em crianças que já fazem uso de leite de vaca , os derivados podem ser uma boa opção para reduzir a quantidade de mamadeira ,por exemplo . Oferecer iogurtes e até leite fermentado não são nocivos à saúde como se divulga por aí, pelo contrário, são bons aliados da saúde .

Iogurte : uma opção saudável

Além de conter lactobacilos e outros nutrientes, podem ser misturados a frutas , sendo uma opção saborosa de lanchinho.. Assim como o leite fermentado, existem opções sem açúcar e nunca devem ser consumidos em excesso .

Fica a dica .

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s