Leite de vaca ou fórmula ?

Sem dúvida, o leite materno preenche todas as necessidades nutricionais do bebê . Ele não é apenas uma fonte de nutrientes , mas uma fonte grande complexidade biológica ( lactobacilos benéficos ) , ativamente protetora de infecções e alergias.

Mas e quando não há leite materno, bebês podem tomar leite de vaca ou apenas fórmulas infantis?

No Brasil, o leite de vaca é a principal alternativa para as mães que não podem amamentar seus filhos, devido ao baixo custo do produto em relação às fórmulas infantis.

Pesquisas realizadas mostram que 60% dos bebês brasileiros com menos de seis meses já tomam leite de vaca. Isso se deve, sobretudo ao alto preço das fórmulas infantis.

E qual o problema? Todo mundo da minha família tomou leite de vaca e está saudável !

Pelo menos 1 vez ao dia eu ouço essa frase . Então vamos saber um pouquinho mais ?

Bebê em uso de leite de vaca ( caixinha , pó ou saquinho ) tem anemia ferropriva (anemia por deficiência de ferro) com muito mais frequência. Isso acontece porque além do leite ter pouco ferro , a disponibilidade dele não é ideal .

Como os pequeninos possuem um intestino ainda não totalmente desenvolvido, o consumo de leite de vaca tem sido relacionado ao aparecimento da alergia a proteína do leite de vaca, uma condição que afeta de 5% das crianças até 2 anos de idade. A absorção da proteína íntegra pelo intestino pode levar o sistema imunológico a reconhecê-la como “inimiga” e desencadear um processo inflamatório a cada vez que encontrá-la . Essa reação promove quadros de vômitos , diarréia ou sangramento nas fezes e perda de ganho de peso.

Atenção ! Isso também pode ocorrer em bebês que são amamentados ou que usam fórmulas , mas a concentração da proteína do leite de vaca no leite materno é bem menor .

Outro risco associado a ingestão de leite de vaca é o de desenvolver problemas nos rins , devido a sobrecarga , para filtrar e eliminar o excesso de sódio e proteínas . Há ainda o risco de deficiência de cobre, zinco, vitamina A, C, E e ácido fólico e gorduras essenciais (ômega 3 e ômega 6) principalmente quando se utiliza o leite muito diluído, prática muito comum.

Por todas estas evidências, não é recomendada a utilização do leite de vaca integral na alimentação da criança durante o primeiro na de vida para Sociedade Brasileira de Pediatria .

E o Ninho fases pode ?

Como uma opção mais barata as fórmulas infantil , muitas mães acabam fazendo o uso inadvertido de compostos lácteos. Esses produtos estão dispostos nas prateleiras de farmácias e supermercados ao lado de fórmulas infantis , com embalagens são muito parecidas e com preço bem menor. Como se fosse uma fórmula, mas mais barata.

São semelhantes mas NÃO são fórmulas

Compostos lácteos não podem ser chamados de leite, pois contém em sua formulação, ingredientes vegetais como milho, soja e canola. Não são uma opção para bebês menores de 1 ano.

Os compostos levam em sua composição 51% de leite e trazem a inscrição “enriquecidos com alguns vitaminas” , mas estão longe de ser um alimento adequado para bebês e crianças. Possuem flavorizantes doces, o que os torna muito saborosos, mas que podem criar um hábito de consumo de alimentos adocicados nas crianças. Exemplos de compostos lácteos: Ninho Fases (+1, +3, etc), Enfagrow, Milnutri Pronutra.

Por que a fórmula é a melhor opção ?

As fórmulas são produtos indicados para bebês até 1 ano de idade. O objetivo desses produtos é complementar o aleitamento materno ou substitui-lo, quando a mãe não tem leite suficiente para alimentar o seu bebê ou não deseja amamentar.

As fórmulas estão associadas com o melhor desenvolvimento do cérebro, do intestino e do sistema imune, quando comparados ao uso do leite de vaca integral (não modificado). Destaque-se que o objetivo não é mimetizar o leite materno, mas fazer com que a alimentação se aproxime dos efeitos e benefícios funcionais que o leite materno.

A escolha do tipo de fórmula e a quantidade que deve ser consumida, deve ser recomendada por médico , devendo levar em consideração o estado nutricional da criança e suas necessidades nutricionais. Por isso a fórmula hipoalergênica não é a primeira opção !

Um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s