Crianças podem tomar a Coronavac ?

A grande dificuldade na hora de desenvolver uma vacina é criá-la de modo que a bactéria ou vírus consigam estimular o sistema imunológico a criar anticorpos, mas não sejam capazes de provocar doença. Às vezes, basta expor o organismo à bactéria ou ao vírus mortos para haver produção de anticorpos e tornar o paciente imune a este germe.

Temos muitas vacinas de vírus inativados sendo comercializadas hoje, como as contra a gripe, por exemplo. E sabemos que elas são bastante seguras. E é essa a técnica utilizada na Coronavac , a vacina chinesa .

A vacina será produzida no Brasil pelo Instituto Butantã, usando uma versão inativada do vírus. Isso quer dizer que o microorganismo foi exposto ao calor ou a produtos químicos para não ser capaz de se reproduzir e deixar a pessoa doente , mas consegue ativar o sistema imunológico para prevenir a doença.

Então,  não há nada de novo por trás dessa vacina e por isso não há o que temer .

A VACINA É SEGURA , MAS FUNCIONA? ELA É EFICAZ?

No Brasil, os testes de fase 3 estão sendo realizados pelo Butantan com 9 mil profissionais de saúde voluntários com idades entre 18 e 59 anos. Nessa fase é analisada a eficácia da vacina .

Eles são divididos em dois grupos: um recebe a vacina e outro, placebo. Nem os participantes nem os pesquisadores sabem em qual grupo está cada voluntário.

Se nestas avaliações os voluntários que ficaram doentes foram do grupo que tomou placebo ( medicação sem efeito algum ), o comitê poderá concluir que a eficácia foi comprovada, o que permitirá apresentar esses resultados à Agencia Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para solicitar o registro da vacina.

Em geral, uma vacina deve ter uma taxa de eficácia de 70%, ou seja, ser capaz de proteger sete em cada dez pessoas que a tomarem. Mas neste momento, uma vacina com eficácia de 50%, já seria de grande utilidade , suficiente para reduzirmos a mortalidade e as internações.

E OS EFEITOS COLATERAIS ?

Foram observados efeitos adversos de grau baixo em 5,36% dos participantes. As reações mais frequentes foram dores leves no local da aplicação (3,08%), fadiga (1,53%) e febre moderada (0,21%). Os mais comuns foram dor, edema e inchaço no local da aplicação, dor de cabeça e fadiga. Não foram detectados efeitos colaterais graves.

QUEM VAI TOMAR A VACINA ?

Isso ainda não foi divulgado oficialmente pelo governo de São Paulo. Mas João Gabardo, coordenador-executivo do centro de contingência da covid-19 de São Paulo, afirmou que serão usados os mesmos critérios de vacinação no Brasil , que leva em conta o grau de exposição a uma doença e os grupos para os quais ela representa um maior risco de morte.

Um grupo de especialistas nos Estados Unidos divulgou em setembro uma lista de recomendações que podem dar uma luz a como deve acontecer a campanha de vacinação.

Segundo o relatório dos especialistas americanos (ainda em rascunho), na primeira fase deverão ser vacinados profissionais de alto risco na área da saúde, socorristas, depois pessoas de todas as idades com problemas prévios de saúde e condições que as coloquem em alto risco e idosos que moram em asilos.

Na segunda fase, a vacinação deve ocorrer em trabalhadores essenciais com alto risco de exposição à doença, professores e demais profissionais da área de educação, pessoas com doenças prévias de risco médio, adultos mais velhos não inclusos na primeira fase, pessoas em situação de rua que passam as noites em abrigos, indivíduos em prisões e profissionais que atuam nas áreas.

A terceira fase deve ter como foco jovens, crianças e trabalhadores essenciais que não foram incluídos nas duas primeiras. É somente na quarta e última fase que toda a população será vacinada.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s