Adaptação escolar : como as mães devem se comportar

Recebi muitos pedidos para escrever um post sobre a adaptação escolar , mas sentia sempre que algo não se encaixava para mim. De repente veio um click! Antes de pensar em refletir nas mudanças para as crianças , devemos é trabalhar o comportamento das mães !

É tanta mãe mandando tchau, palavra de incentivo e até chorando nos portões das escola que até fico comovida com o sofrimento delas . E agora com a pandemia tudo isso ficou pior, não é mesmo?

O post de hoje é um alerta para mães e pais : como devemos nos comportar e transmitir segurança durante esta etapa na vida dos nossos filhos e não provocar sofrimento pela separação.

Erros mais comuns

1. Chorar na porta da escola

Seu filho entra, chorando, esperneando. E seus olhos se enchem de lágrimas. No outro dia, ele entra, feliz da vida, que até se esquece de te dar tchau. E rolam as lágrimas novamente. Porta de escola é um ambiente em que nós, mães, devemos posar de fortes, bem-sucedidas, felizes e realizadas. Não pelas outras mães mas pelos nossos filhos. Eles precisam sentir segurança. Se virem a mãe chorando, vão achar que algo está errado.

2. Oferecer recompensa para a criança ficar na escola

Balas, tablet, McDonald’s, sorvete, casa da vó… são tantos prêmios ! A escola deve ser algo legal, que não precise de uma recompensa. Passe a ideia de que essa é uma nova fase , de que a criança cresceu . Transmitas todas as coisas boas que ela irá ver e ouvir . Issso será o maior prêmio .

3. Usar a escola como castigo:

Ameace mandar a criança para escola simplesmente porque ela te desobedeceu, e pague um psicólogo para o resto da vida.

4.Não conversar sobre como foi a escola:

A volta para a casa é um excelente momento para bater um papo sobre o dia. E se seu filho for daqueles que não conta nada da escola, não desanime ! Talvez você só não tenha feito a pergunta certa : nada de “como foi na escola ?” mas “o que você achou mais legal na escola hoje?” .

5. Sentir culpa por deixar seu filho na escola:

Se a mãe trabalha ou não , não é preciso sentir culpa. Seu filho precisa adquirir autonomia e independência, e isso ele só vai conseguir se aprender a se distanciar da mãe. As relações sociais com os amiguinhos e o ambiente são muito importantes nesta fase .

6. Ligar a cada 5 minutos:

Durante período de adaptação escolar, tudo bem ligar uma ou duas vezes para saber se está tudo bem, se é preciso buscar o filho mais cedo. Não banque a louca e ligue desesperadamente! Se o seu filho precisar, a escola vai te ligar.

7. Achar que seu filho passou o dia chorando:

Imaginação de mãe é uma coisa absurda : o que os olhos não veem o coração de uma mãe pensa dez vezes pior .Pense em coisas boas, em como seu filho deve estar se divertindo, em como a escolinha é um lugar bacana. Afinal , você escolheu a escola e não o contrário . Confie .

8 .Atrasar para buscar:

Quem nunca passou por isto : ficar por último na sala de aula . Nada mais triste para uma criança do que achar que foi esquecida. Uma coisa é você se atrasar vez ou outra por um motivo qualquer, mas se atrasar na época da adaptação escolar pode atrapalhar tudo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s