Excesso de limpeza faz mal a saúde

Manter as crianças em um ambiente totalmente limpo, impedindo que se sujem brincando na terra e no parquinho , aumenta o risco de desenvolverem doenças ligadas ao sistema imunológico. E isso tem grande impacto nesta pandemia .

A explicação é que uma parte essencial do desenvolvimento da imunidade se dá nos primeiros anos de vida : se não há contato com substâncias como poeira , terra ou pelos de animais , o sistema imunológico não consegue distinguir corretamente as que são inofensivas das que oferecem risco real. O resultado vem em uma maior incidência de quadros alérgicos ( rinite e asma ) e doenças respiratórias .

Chamada carinhosamente de “Vitamina S” , especialistas analisaram que o uso de antibióticos e a melhora da higiene ( chupetas e mamadeiras esterilizadas , álcool gel , ambientes extremamente higienizados) eliminam a colonização por bactérias ” boas” . Essas bactérias que habitam nosso intestino e pele , formam uma barreira , uma defesa contra as bactérias maléficas.

Estes “micróbios benfeitores” têm o papel de sintetizar vitaminas que o organismo precisa, como a vitamina K e algumas do complexo B,  transformar substâncias que não somos capazes de metabolizar em partículas absorvíveis e, ao competirem com outros microorganismos, impedem que as espécies prejudiciais se proliferem.

Por isso que as crianças pequenas devem ser expostas ao contato com a natureza , terra e plantas , animais e pássaros , para que o sistema imunológico não encare estas partículas como possíveis inimigos do organismo e passe a conviver com eles sem problemas .

Esta é a “tese da higiene “, uma das mais aceitas , para explicar o porquê do aumento tão significativo das alergias alimentares e respiratórias.

NÃO PRECISA JOGAR SEU FILHO NA LAMA , MAS …

Oferecer doses de vitamina S são essenciais :

Não use sabonete antibacteriano diariamente e nunca aplique no corpo . Eles são úteis apenas para lavagem de mãos, já que causam modificações na microbiota (flora natural da pele das crianças).

Evite uso de antibióticos : os antibióticos são uma grande arma da medicina, salvaram muitas vidas e têm lugar assegurado na história da humanidade, mas seu uso excessivo pode levar a mudanças importantes na flora (microbiota) normal dos indivíduos e facilitar o aparecimento de doenças crônicas.

Brincar no parquinho : deixe a criança descalça na terra. Nada melhor que o contato com a natureza. Que tal um bolo de terra? ( brincadeira!)

Devemos incentivar as brincadeiras em que seu filho se suje, evitando situações de risco de transmissão de doenças, como no piso de locais movimentados (metrô, shopping, aeroporto) e com fezes de animais. Brincar na areia ou na grama são boas opções.

Tenha um animal de estimação : O contato com animais de estimação trazem números benefícios, tantos emocionais como para a imunidade, salvo casos que a alergia já foi diagnosticada.

Os pesquisadores defendem que lambidas estão liberadas, mesmo em bebês pequenos. A única precaução, para eles, é ter certeza de que o animal é dócil e saudável, levando-o ao veterinário com frequência, e mantendo as vacinas em dia.

Pais, não abusem do álcool gel.Não há necessidade de esterilizar chupetas e mamadeiras ( parabos maiores de 9 meses ) ou lavar as mãos , cadeiras e outros objetos com álcool. Água e sabonete comum são eficazes contra o novo coronavirus .

Amamente!

Antigamente, os cientistas acreditavam que o leite materno era estéril, mas pesquisas recentes revelaram o leite está cheio de micróbios benéficos que impedem a proliferação dos que causam doenças. Além disso, é rico em nutrientes que permitem o desenvolvimento de um microbiota saudável no intestino.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s