Como tornar seu filho mais inteligente?

Para melhorar ao máximo o potencial de seus filho muitas famílias acabam investindo, desde o nascimento do bebê, nas mais variadas atividades para que possam fazer da criança um pequeno gênio.

A inteligência é um potencial inato, todos nós nascemos inteligentes. Mas são necessários estímulos para que ela se desenvolva da melhor maneira possível, e isso vai ser determinante para definir o grau de capacidade que a criança irá alcançar.

Cerca de 20% da nossa inteligência vem da hereditariedade, e isso não há como mudar. Mas os outros 80% estão relacionados a outros fatores como a personalidade e o contexto econômico, social e cultural em que a criança está inserida. Ou seja, depende das chances que você dá.

Isso significa que, por mais que cada um tenha alguns limites estabelecidos geneticamente, os estímulos certos dados na hora certa farão toda a diferença.

OS PRIMEIROS MIL DIAS DE VIDA

O período que vai da gestação até o final do segundo ano de vida da criança, chamado de “os primeiros mil dias” de vida da criança é uma janela de oportunidades. Neste período todos os fatores vão influenciar o desenvolvimento cognitivo e neurológico da criança.

Nesta fase há uma intensa formação de sinapses do cérebro : quando nascemos, fazemos cerca de 2,5 mil sinapses (área em que um neurônio se comunica com o outro para transmitir impulsos nervosos). Aos três anos de vida, esse número está em aproximadamente 1 quatrilhão!

Isso não significa que após os três anos nada mais pode ser feito para desenvolver a inteligência. O cérebro está em constante evolução e as pessoas são capazes de adquirir novos conhecimentos e habilidades ao longo de toda a vida.

E COMO DEUXAR MEU FILHO MAIS INTELIGENTE ?

Além de uma boa alimentação a base de alimentos que contenham ômega 3 e horas de sono adequadas , temos as atividades extracurriculares . Mas atenção: deixe horários de lazer e de ócio. Nada de sobrecarregar a agenda dos pequenos e deixá-los estressados .

Toda criança pode ser estimulada através de :

• música: estudos demonstram que pode aumentar em até 30% o desenvolvimento cognitivo ;

• atividade física: além do ganho para a saúde, os esportes auxiliam o desenvolvimento motor e a percepção corporal, a concentração e as relações interpessoais, além de estimular o trabalho em equipe e contribuir para a construção da autoestima;

• mais momentos em família e menos telas : os pais correm atrás de técnicas e milhares e estímulos para tornar a criança um sucesso acadêmico ou profissional, mas nada é mais importante do que o amor.

Laços familiares , segurança , carinho são os estímulos necessários para desenvolver o cérebro, mas a gente quer mais do que um cérebro. Queremos crianças e adultos felizes antes de tudo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s